Yoko Ono e Lennon na capa do álbum "Double Fantasy"
Yoko Ono e Lennon na capa do álbum “Double Fantasy” || Créditos: Reprodução

Álbum autografado por John Lennon a seu assassino será leiloado nessa segunda com lance inicial de mais de R$ 2 mi

0 Compartilhamentos
1
0
0
0
0
0
Yoko Ono e Lennon na capa do álbum "Double Fantasy"
Yoko Ono e Lennon na capa do álbum “Double Fantasy” || Créditos: Reprodução

Um exemplar do álbum “Double Fantasy” de John Lennon autografado pelo músico para seu assassino, Mark David Chapman, será leiloado nessa segunda-feira pela empresa americana Goldin Auctions. O item raríssimo, que ganhou a assinatura do mais famoso dos Beatles poucos minutos antes da morte trágica dele, em 1980, terá um lance inicial de US$ 400 mil (R$ 2,14 milhões). Especialistas nesse tipo de memorabilia, no entanto, acreditam que seu valor final poderá ultrapassar a cifra de US$ 1 milhão (R$ 5,35 milhões).

Reza a lenda que Chapman teria conseguido o autógrafo do autor de “Imagine” e tantos outros hits depois de aguardá-lo durante horas na entrada do The Dakota, o famoso prédio de Nova York em que Lennon morava na época. E assim que o encontrou, o assassino largou o tal álbum no chão para então disparar quatro vezes nele. Uma testemunha que viu toda a cena então teria recolhido a preciosidade e a entregou mais tarde para a polícia.

O mesmo álbum que vai ser oferecido no martelo logo mais, que tem Lennon e Yoko Ono na capa, foi vendido em um outro leilão que rolou em 1998, por US$ 150 mil (R$ 802 mil). Já Chapman, que foi condenado à prisão perpétua pelo crime e ao longo dos anos buscou inúmeras vezes a liberdade condicional, cumpre sua pena na penitenciária Wende Correctional Facility de NY, a mesma em que Harvey Weinstein está preso. (Por Anderson Antunes)