Vista da Pedra do Telégrafo
Vista da Pedra do Telégrafo || Créditos: Getty Image

2017 fitness! Confira 5 trilhas com vistas de cair o queixo pelo Rio de Janeiro

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

No Rio de Janeiro são muitos os cartões-postais e belezas naturais. Então, que tal praticar exercício e admirar as paisagens ? Renata Araujo, do You Must Go, indica 5 trilhas para quem quer aproveitar o verão na cidade conhecendo novos lugares.

Morro Dois Irmãos

Vista do Morro Dois Irmãos || Créditos: Getty Images
Vista do Morro Dois Irmãos || Créditos: Divulgação

O ícone do pôr do sol em Ipanema e Leblon tem uma vista incrível de toda a orla da Zona Sul da cidade. A trilha do “irmão maior” tem 1,5 km e duração de 40 minutos com alguns trechos íngremes, mas nada com alto grau de dificuldade. Bem simples!

Do alto, conseguimos ver outros pontos do Rio, como a Floresta da Tijuca, Rocinha, as Ilhas Cagarras e Niterói. A trilha tem início na comunidade do Vidigal, mais precisamente no campo de futebol da Vila Olímpica. Para chegar até lá, vá de moto táxi ou pegue uma kombi. Quem preferir, pode fazer a trilha com o apoio de um guia de turismo local. O tour já vem com roteiro definido e dura em média 4 horas e meia. Para reservar, é só entrar no site Trilha Dois Irmaõs (http://www.trilhadoisirmaos.com.br/).

Pedra da Gávea

Vista da Pedra da Gávea
Vista da Pedra da Gávea || Créditos: Divulgação

Esta é para quem tem disposição! Considerada uma das trilhas mais difíceis do Rio, a Pedra da Gávea é o maior bloco de pedra à beira mar do mundo. O trajeto é longo, são no mínimo 3 horas de caminhada e subida. O ponto crítico é a Carrasqueira, um paredão quase reto de 30 metros de altura. É claro que a vista compensa todo o esforço. É possível ter uma visão panorâmica da orla das Zonas Sul e Oeste e das montanhas na Floresta da Tijuca. O acesso para a trilha é feito no final da Estrada do Sorimã.

Trilha da Urca

Vista da Trilha da Urca
Vista da Trilha da Urca || Créditos: Divulgação

Se você não quiser subir o Morro da Urca da forma mais convencional, de Bondinho, há também a opção da trilha! O acesso é feito pela Pista Cláudio Coutinho, na Praia Vermelha. É considerado um percurso fácil e leve, com duração de 30 a 40 minutos. Um programa para toda a família, que termina com uma vista linda do Rio! Chegando no Morro da Urca, você pode comprar ingresso para subir até o Pão de Açúcar ou descer de volta à Praia.

Pedra do Telégrafo

Vista da Pedra do Telégrafo
Vista da Pedra do Telégrafo || Créditos: Reprodução

É fato: você já viu aquela clássica foto da pessoa ”se pendurando” na pedra nas suas redes sociais. O lugar é na trilha da Pedra do Telégrafo, em Barra de Guaratiba. Mas não tem mistério: embaixo da pedra tem uma elevação, então é possível encostar os pés no chão. Na foto, temos a impressão de que não tem nada embaixo!

São cerca de 35 minutos de percurso com alguns pontos íngremes e mirantes naturais com vista para a Restinga de Marambaia. O início da trilha fica na estrada Roberto Burle Marx.

Pedra Bonita

Vista da Pedra Bonita
Vista da Pedra Bonita || Créditos: Divulgação

Do topo, temos a vista da Praia de São Conrado, o Morro Dois Irmãos, a Zona Sul, Pedra da Gávea, a Barra da Tijuca e a Floresta da Tijuca. Nada mal, não é? A trilha da Pedra Bonita fica dentro do Parque Nacional da Tijuca e tem duração de 40 minutos. É considerado um percurso leve, com alguns trechos íngremes no final.

O início do trajeto fica na Estrada das Canoas, em São Conrado, na rampa de voo livre do Rio, um dos cartões postais da cidade.

Você também pode gostar