Poster da campanha da ONU com a Mulher Maravilha

Poster da campanha da ONU com a Mulher Maravilha || Créditos: Divulgação

Nomeada em outubro embaixadora da ONU, Mulher Maravilha perde o título

13.12.2016  /  11:53

Poster da campanha da ONU com a Mulher Maravilha || Créditos: Divulgação
Pôster da campanha da ONU com a Mulher Maravilha || Créditos: Divulgação

Nomeada em outubro como embaixadora honorária da ONU para promover os direitos das mulheres, a Mulher Maravilha acaba de perder o título pomposo. Tudo por conta dos protestos feitos por manifestantes contrários à escolha da personagem para a função, e que resultaram na criação de uma petição online com mais de 45 mil assinaturas em prol da causa. Os manifestantes, dos quais fazem parte pelo menos 350 funcionários da ONU, defendem a nomeação de uma mulher de verdade.

Nos últimos anos, a ONU tem sido bastante criticada pela falta de oportunidades para mulheres em seus mais altos quadros, e em 2015 uma pesquisa indicou que nove de cada dez posições de liderança da entidade presidida por Ban Ki-moon são ocupados por homens. (Por Anderson Antunes)