12.06.2015  /  15:15

No Dia dos Namorados, a playlist da redação para esquentar o clima

Caetano Veloso, Led Zeppelin, John Mayer e The Stooges || Getty Images/Divulgação
Em sentido horário, The Stooges, Caetano Veloso, Led Zeppelin e John Mayer || Getty Images/Divulgação

O Dia dos Namorados chegou, e para dar aquela esquentada na noite desta sexta-feira, a redação do Glamurama fez uma playlist hot, hot, hot. De Caetano Veloso a The XX, solta o play e bom namoro!

Danae Stephan, editora: “I Just Want Make Love To You” da Etta James. É muito óbvia, mas é incrível e sensual como poucas músicas que conheço. Pra fazer amor lenta e languidamente…

Verrô Campos, editora: “Elegia”, de Caetano Veloso. A música é linda e a letra é uma tradução de Pericles Cavalcanti e Augusto de Campos de um poema de John Donne, poeta inglês do século 17. Mesmo escrito há tanto tempo, o poema vale para namorados de qualquer época.

Zeca Gutierres, editor: Eu escolho Robin Thicke – “Blurred Lines ft. T.I., Pharrell”, porque até o mortos levantam da tumba para rebolar rs!

Mirella Penteado, editora: ‘I just wanna be your dog’ resume tudo.

Gabriela Lyra, repórter: Sou suspeita para falar, porque Led Zeppelin é minha banda preferida, mas para o Dia dos Namorados, não poderia escolher outra música: “Since I’ve Been Loving You” é um dos hinos da banda, e uma das canções de rock mais sexy que eu conheço. Os gritinhos de Robert Plant fazem o background perfeito para aquele rala e rola…

Bárbara Tavares, repórter: A música respira amor e sexo, da melodia à letra. Amo!

Beatriz Chicca, arte: Amo Joss Stone, dona de uma voz potente e ao mesmo tempo doce. A versão dela da música “Fell in Love With a Girl”, da banda The White Stripes, é lenta e romântica, ótima para o Dia dos Namorados.

Julia Moura, repórter: “Love is a Verb”, do John Mayer, porque amo amor feito com amor.

Fernanda Grilo, repórter: “Faz Uma Loucura por Mim”, da Alcione. É pra ver se alguém se anima. Amo Alcione!

Enrique Gimenez, mídias sociais: “Breathe”, do Telepopmusik. É uma música boa e com nome bem sugestivo!

Morgana Bressiani, repórter: “Magic”, do Coldplay. Porque “se você perguntasse para mim, depois de tudo isso que passamos: ainda acredita em mágica? Sim, eu acredito . É claro que acredito”.

Alexandre Montanher, arte: “Reunion”, do The XX. Passei momentos especiais ao som dessa música, com alguém que acrescentou muito à minha vida.

Stella Prado, estagiária: “No Diggity”, do Chet Faker. Porque ela tem o ritmo certo.

 

* Quer mais? O Spotify tem mais de 28 milhões de playlists – sim, milhões! – sobre o amor. Entre elas, Jantar a Dois, Fecha a Porta e Solteiro sim, sozinho nunca.