22.11.2020  /  9:00

No aniversário de Scarlett Johansson, Glamurama lista 5 dos melhores papéis da estrela na telona

Scarlett Johansson
Scarlett Johansson || Créditos: Reprodução

Aniversariante desse domingo, dia em que completa 36 primaveras, Scarlett Johansson vive a melhor fase de sua vida tanto no lado pessoal quanto no profissional. Recentemente, a beldade loira trocou alianças pela terceira vez – com o comediante Colin Jost – sem falar que sua nova versão atriz de filmes de ação a transformou em uma das estrelas mais rentáveis de Hollywood, com mais de US$ 14,3 bilhões (R$ 76,4 bilhões) arrecadados nas bilheterias mundiais atrelados ao seu nome.

Intérprete na telona desde 2010 da Viúva Negra, uma das super-heroínas mais famosas do universo Marvel, Johansson finalmente terá um filme inteiro para se dedicar à personagem no ano que vem, quando chegará aos cinemas “Viúva Negra”, uma superprodução de US$ 150 milhões (R$ 801 milhões) da qual ela também é produtora-executiva.

Em homenagem a Johansson, que nesse ano foi indicada ao Oscar em dose dupla (como Melhor Atriz Coadjuvante por “Jojo Rabbit” e Melhor Atriz por “História de Um Casamento”), Glamurama lista a seguir as 5 atuações que são consideradas as melhores dela em toda sua carreira. Continua lendo… (Por Anderson Antunes)

A atriz em cena de "Sob a Pele"
A atriz em cena de “Sob a Pele” || Créditos: Reprodução

“Sob a Pele”, de 2013

No filme eleito pela “BBC” como um dos 100 melhores do século 21, e dirigido por Jonathan Glazer, Johansson interpreta uma extraterrestre moreníssima que tem por hobby sair por aí encantando homens sem muita graça. O destino final deles, no entanto, de romântico não tem nada…

O clássico de Sofia Coppola é destaque no CV dela
O clássico de Sofia Coppola é destaque no CV dela || Créditos: Reprodução

“Encontros e Desencontros”, de 2003

Nesse clássico a atriz apareceu bem novinha, dividindo os créditos com o veterano Bill Murray, ambos sob a batuta da diretora Sofia Coppola. O trabalho é destaque nos currículos dos três, mas Johansson meio que roubou a cena como uma garota entediada que passa os dias trancada em um hotel.

Aqui ela viveu uma mulher fatal que agradou a crítica
Aqui ela viveu uma mulher fatal que agradou a crítica || Créditos: Reprodução

“Como Não Perder Essa Mulher”, de 2013

E não é que Johansson leva jeito pra comédia também? Nessa dirigida por seu bff Joseph Gordon-Levitt, que também atuou na fita, a atriz vive uma típica mulher fatal em busca de seu príncipe encantado (papel de Gordon-Levitt). Apesar da descrição cliché, a atuação dela foi considerada ótima pela crítica especializada.

Brilhar em um elenco cheio de craques não é fácil
Brilhar em um elenco cheio de craques não é fácil || Créditos: Reprodução

“Ave, César!”, de 2016

Nessa outra comédia, dos irmãos Joel e Ethan Coen, Johansson fez parte de um elenco que incluiu Frances McDormand, Tilda Swinton, Josh Brolin, George Clooney, Ralph Fiennes, Jonah Hill e Channing Tatum. E sua participação no longa nem por isso passa despercebida.

Johansson no longa de Luc Besson
Johansson no longa de Luc Besson || Créditos: Reprodução

“Lucy”, de 2014

Ficção científica do francês Luc Besson, o filme foi um dos maiores sucessos de bilheteria de seis anos atrás, com mais de US$ 463 milhões (R$ 2,47 bilhões) em ingressos vendidos. Nele, Johansson dá vida a uma mulher que é drogada acidentalmente e, a partir daí, desenvolve capacidades genéticas que a diferem do resto da humanidade.