17.04.2016  /  8:03

No aniversário de Jennifer Garner, 5 vezes que ela foi uma supermãe nas telas

nota-cine-jennifer-garner
Jennifer Garner completa 44 anos nesta quinta-feira || Créditos: Reprodução

Jennifer Garner, nossa aniversariante do dia, já provou que é um ótima mãe para seus filhos,  Violet, Seraphina Rose Elizabeth e Samuel. Um dos seus últimos momentos mãezona foi em recente entrevista a uma revista americana, quando ela declarou, em meio a uma turbulenta separação do ex-marido, Ben Affleck, que o clima é de respeito principalmente pelas crianças. “O principal são as crianças e estamos completamente alinhados em relação a isso. Claro, perdi o sonho de dançar com meu marido no casamento da minha filha. Mas você tem que ver seus rostinhos quando ele entra pela porta. E se você vê seus filhos amando alguém de forma tão pura e integral, então você vai ser amigo dessa pessoa”, contou. Para comemorar seus 44 anos com uma maratona de Jennifer, reunimos 5 filmes onde ela provou que também é uma supermãe nas telas. Prepara a pipoca e play! 

“Elektra” – 2005

Na ação de 2005, dirigido por Rob Bowman, Jennifer Garner dá vida a assassina Elektra. Apesar de não viver uma mãe no longa, a personagem se vê em uma grande batalha entre o bem e o mal: após não cumprir uma de suas missões assassinas, ela deve defender um pai e uma filha contra os novos assassinos. E ela faz o possível e o impossível para proteger a pequena Abby. Instinto materno!

“Juno” – 2007

Em “Juno”, de 2007, Jennifer vive Vanessa Loring, escolhida pela adolescente Juno para adotar seu bebê. No desenvolver da trama, Vanessa prova para Juno que, mesmo com os dramas de um casamento destruído, essa é a escolha certa para o bebê a caminho.

“A Estranha Vida de Timothy Green” – 2012

Cindy (Jennifer Garner) e Jim (Joel Edgerton) tentaram de tudo para ter um filho, mas sem sucesso. Eles rabiscam em folhas de caderno o retrato ideal da criança que nunca poderão ter, depois enterram as folhas dentro de uma caixa em seu jardim. Durante a noite, um menino aparece vindo direto do jardim, ainda sujo de terra e respondendo pelo nome de Timmothy. A criança “diferente” é muito mais do que parece, trazendo com ele uma magia que vai mudar a maneira de todos sentirem o amor.

“Homens, Mulheres e Filhos”  – 2014 

“Homens, Mulheres e Filhos” conta a história de um grupo de adolescentes do ensino médio e de seus pais, que tentam lidar com a forma como a internet mudou seus relacionamentos, a comunicação, suas imagens de si mesmos e suas vidas amorosas. Na trama, Jennifer é Patricia Beltmeyer, uma mãe superprotetora, que vai usar de todos os meios para evitar a exposição da filha na internet.

“Milagres no Paraíso” – 2016 

Com estreia marcada para 21 de abril, “Milagres no Paraíso” é baseado em uma história real. Quando Christy, vivida por Jenniferdescobre que sua filha de 10 anos, Anna, tem uma doença rara e incurável, ela se torna uma defensora feroz de sua cura enquanto procura uma solução.