28.10.2016  /  12:29

No aniversário de Bill Gates, os 10 melhores presentes dele pra gente

91284830
Bill Gates: 61 anos de vida nesta sexta-feira || Créditos: Getty Images

Bill Gates completa 61 anos de vida nesta sexta-feira, o que possivelmente deve estar causando um pequeno estresse nos amigos e familiares dele diante de um questionamento inusitado: afinal, o que dar de presente para o homem mais rico do mundo, dono de uma fortuna de US$ 81,8 bilhões (R$ 260,4 bilhões)? O fato é que essa pergunta é difícil de ser respondida, não somente porque Gates dispõe de uma condição financeira que lhe permite ter tudo que o dinheiro pode comprar, mas principalmente porque ele já deu tantas coisas ao mundo que fica difícil pensar em algo capaz de compensar isso.

Em homenagem ao bilionário, filantropo e, acima de tudo, visionário, Glamurama selecionou os dez melhores presentes que ele já deu ao mundo e que mudaram as nossas vidas para melhor. Confira:

Ele popularizou o computador

Gates em seu escritório, no início dos anos 1980 || Créditos: Getty Images
Gates em seu escritório, no início dos anos 1980 || Créditos: Getty Images

A combinação dos softwares da Microsoft, da qual Gates é cofundador, assim como o PC da IBM no início dos anos 1980, transformou os computadores em objetos pessoais e, mais importante, acessíveis. Na visão do bilionário na época, computadores deveriam ser itens tão básicos quanto qualquer outro eletrodoméstico ou eletroeletrônico. Todas as pessoas que usam um computador hoje em dia, seja pra trabalhar ou simplesmente por lazer, devem agradecer a Gates por isso.

Ele salvou a Apple

Steve Jobs e Bill Gates || Créditos: Getty Images
Steve Jobs e Bill Gates || Créditos: Getty Images

É difícil imaginar Gates salvando a companhia fundada por Steve Jobs, um de seus maiores concorrentes. Mas foi exatamente isso que ele fez no fim dos anos 1990, quando a fabricante do iPhone enfrentava sérias dificuldades financeiras e só não foi à bancarrota graças ao bilionário. Na época, Gates e Jobs selaram um acordo pelo qual a Microsoft daria suporte ao Mac por cinco anos, em um negócio de US$ 150 milhões (R$ 477,6 milhões). Tá certo que o acordo só foi fechado depois que a Apple se comprometeu a encerrar um processo no qual acusava a Microsoft de roubar algumas de suas ideias. Mesmo assim, a ajuda foi crucial.

Ele foi o primeiro a pensar em smartphones e tablets

1958902RW004_gates
Gates, em 2003, com um dos primeiros tablets lançados || Créditos: Getty Images

Graças a invenções como o Pocket PC e Windows Mobile, a Microsoft foi a primeira grande companhia que acreditou no potencial dos smartphones e dos tablets. A ideia, é claro, acabou sendo aperfeiçoada por outras empresas, principalmente a Apple. Mas Gates foi pioneiro nessa seara.

Ele popularizou a “rodinha do mouse”

O Intellimouse, da Microsoft || Créditos: DivulgaçãoSabe aquela rodinha que hoje existe em praticamente todos os mouses? Agradeça a Gates por ela. Embora a invenção deva ser creditada aos japoneses, que a idealizaram em 1985, foi a partir de 1996, com o lendário Intellimouse da Microsoft, que elas se tornaram populares.

Ele lançou o Simulador de Vôo

39461801soft_20010918_00228.jpg
O Flight Simulator da Microsfot || Créditos: Getty Images

Bem antes do lançamento do Windows, um dos principais produtos da Microsoft era o Flight Simulator, desenvolvido pela companhia no início dos anos 1980. Inicialmente comercializado apenas como um videogame acabou se tornando popular também na indústria da aviação, por ser consideravelmente mais sofisticado do que os outros modelos no mercado.

Ele acreditou no potencial das smart TVs antes de todo mundo

Smart TVs: Microsoft saiu na frente || Créditos: Getty Images
Smart TVs: Microsoft saiu na frente || Créditos: Getty Images

O Media Center da Microsoft já trabalhava com a ideia de que no futuro os televisores seriam inteligentes desde 2002, bem antes da grande maioria da indústria.

Ele salvou muita gente do tédio no trabalho

BKBA8T
Paciência, do Windows: quem nunca? || Créditos: Getty Images

Qualquer pessoa que já passou alguns minutos (ou horas) jogando Paciência no trabalho deve agradecer a Gates pelos momentos de relaxamento. O joguinho popular foi incluído no Windows 3.0, em 1990, e logo se tornou uma febre nos escritórios mundo afora.

Ele deu uma nova cara aos videogames

39716003comd_20011112_00080.jpg
Gates, em 2001, no lançamento do Xbox || Créditos: Getty Images

Desde o Windows 95 que a Microsoft se dedica com entusiasmo à indústria de videogames. Mas a grande tacada da companhia, que contou com o apoio total de Gates, foi o lançamento do Xbox, em 2001. O console é um dos maiores sucessos da história, com mais de 24 milhões de unidades vendidas. Crianças, adolescentes e adultos se divertem diariamente com ele.

Ele tirou a sisudez dos softwares

ARC0004341_0832
Lançamento do Windows 95: filas nas lojas || Créditos: Getty Images

O lançamento do Windows 95 foi pensado em todos os detalhes por Gates, que decidiu investir US$ 300 milhões (R$ 955,2 milhões) em uma campanha de marketing para o novo software. A ideia dele era criar uma expectativa semelhante aos lançamentos de álbuns musicais. Até o hit “Start Me Up”, dos Rolling Stones, foi utilizado em um dos comerciais do novo produto. O resultado? Pela primeira vez na história pessoas enfrentaram filas para comprar um software.

Ele salva vidas

87311658
Melinda e Bill Gates || Créditos: Getty Images

Desde o início dos anos 2000 que Gates doa vastas somas de dinheiro para obras de caridade ao redor do mundo. Foi nessa época que ele e sua mulher criaram a Bill & Melinda Gates Foundation, que já nasceu como uma das maiores entidades filantrópicas do mundo. Com mais de US$ 38 bilhões investidos em saúde, educação e na luta contra a pobreza desde então, a entidade literalmente salva vidas ao redor do mundo, e deverá continuar fazendo isso até mesmo após a morte de seu criador, já que a maior parte da fortuna dele será doada para estas causas. Existe presente melhor do que esse?