15.09.2020  /  10:06

Netflix vai investir mais de R$ 100 mi em novo filme de Halle Berry e deixa a atriz ‘sem palavras’

A atriz em cena de “Bruised”, no qual ela interpreta uma lutadora de MMA || Créditos: Reprodução

Caso clássico de atriz que ganhou um Oscar e viu a carreira meio que sair dos trilhos depois de receber a honraria mais cobiçada do cinema, Halle Berry afirmou ter ficado “sem palavras” tão logo ouviu falar que a Netflix pretende investir nada menos que US$ 20 milhões (R$ 104,6 milhões) na compra dos direitos de divulgação e distribuição de seu mais novo longa, “Bruised”, que foi lançado no Festival Internacional de Cinema de Toronto no último dia 12 em meio a elogios da crítica especializada e do público do evento.

Protagonizado por ela, o drama sobre uma lutadora de MMA também foi dirigido e produzido pela estrela de 54 anos, que em entrevistas recentes confessou nunca ter imaginado que tirar um projeto cinematográfico do papel dava tanto trabalho. “Obrigado, Netflix, por acreditar no meu trabalho”, Berry postou no Twitter assim que soube do interesse da gigante do streaming por sua produção.

Vencedora do Oscar de Melhor Atriz de 2002 por “A Última Ceia”, Berry mal levou a estatueta pra casa e já estava escalada para ser a “Bond girl” em “Um Novo Dia Para Morrer”, que chegou aos cinemas no mesmo ano. Àquela altura, seu cachê por filme chegou a ser de US$ 15 milhões (R$ 78,4 milhões), mas uma sucessão de insucessos na telona que culminou com o fracassado “Mulher-Gato” de 2004 a fez perder o brilho, ao ponto de acharem que seus dias em Hollywood estavam contados. (Por Anderson Antunes)

*

Abaixo, o tuíte de Berry com o link de uma matéria da “Variety” sobre os planos da Netflix para o novo filme dela: