17.10.2018  /  10:01

Netflix anuncia 7 milhões de novos assinantes e CEO da plataforma acaba o dia R$ 450 mi mais rico

Reed Hastings || Créditos: Getty Images

A revelação de que a Netflix aumentou sua base de assinantes em quase 7 milhões no último trimestre, conforme consta no balanço que a gigante do streaming divulgou nessa terça-feira, fez muito bem ao bolso de seu cofundador e CEO, Reed Hastings. Diante do número melhor do que o esperado pelos analistas, a ação da empresa terminou a terça com alta de quase 4% na bolsa de valores eletrônica NASDAQ, onde é negociada, o que rendeu ao bilionário um lucro de mais de US$ 120 milhões (R$ 447,8 milhões) no fechamento do pregão do dia. Hastings é dono de 2,71% da Netflix, que tem uma capitalização de US$ 150,8 bilhões (R$ 562,8 bilhões), e o valor representa a maior parte da fortuna dele, estimada em US$ 3,6 bilhões (R$ 13,4 bilhões).

No total, a Netflix possui atualmente 137 milhões de assinantes em todo o mundo, e teve um lucro de US$ 409 milhões (R$ 1,53 bilhão) entre julho e setembro. No comparativo com o mesmo trimestre do ano passado, o salto foi de impressionantes 211%. Outra cifra relativa aos últimos dados divulgados pela companhia que chama atenção é o montante extra reservado para a produção de programas que estrearão a partir de 2019: US$ 4 bilhões (R$ 14,9 bilhões), metade dos US$ 8 bilhões (R$ 29,8 bilhões) reservados para o mesmo fim que já constavam nos balanços anteriores. Somando tudo, é mais do que gastaram juntas neste ano a Amazon, o Hulu e a HBO em suas respectivas grades, só para efeito de comparação. (Por Anderson Antunes)