04.09.2017  /  10:15

Nascimento de novo herdeiro real pode render mais de R$ 1 bi ao Reino Unido

Kate Middleton e o príncipe William || Créditos: Getty Images

A notícia de que o príncipe William e Kate Middleton estão esperando seu terceiro filho alegrou – e muito – a equipe econômica da primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May. É que em tempos de Brexit, com várias empresas internacionais cogitando transferir suas sedes do país para outros lugares da Europa e a confiança dos consumidores lá embaixo, a chegada de mais um herdeiro ao trono pode operar verdadeiros milagres na economia da monarquia mais famosa do mundo.

A prova disso é um levantamento feito em 2013 pela empresa de análises de mercado inglesa IHS Global Insight, que estimou o impacto econômico gerado pelo nascimento do príncipe George somente naquele ano em £ 240 milhões (R$ 976,1 milhões), algo que se repetiu em 2015 quando William e Kate deram à luz a princesa Charlotte.

A cifra astronômica, no entanto, se refere basicamente ao movimento extra nas lojas em razão do baby boom real, e não leva em conta os efeitos positivos sobre a imagem da rainha Elizabeth II e família junto ao povo, que é basicamente o oxigênio que os mantêm no poder por tanto tempo. Nesse caso, os lucros são incalculáveis, pra dizer o mínimo. (Por Anderson Antunes)