Ana Luiza Trajano || Créditos: Bruna Guerra

Não é só de fogão e temperos que Ana Luiza Trajano entende. A chef indica seus ‘gostos’ quando o assunto é tecnologia

29.09.2019  /  9:00

Ana Luiza Trajano || Créditos: Bruna Guerra

Quando ainda cursava administração de empresas, Ana Luiza Trajano rejeitou assumir o grande negócio da família – o Magazine Luiza – e foi estudar gastronomia. Hoje uma das chefs mais conceituadas do país, dedica-se a descobrir novos sabores nos rincões do Brasil. Ela contou para a revista PODER o que gosta quando o assunto é tecnologia. Dá uma espiada!

PODER: A primeira rede social que você checa ao acordar e sem a qual não vive?
ALT: Instagram.

PODER: Checa quantas vezes por dia?
ALT: Não tenho certeza, mas acredito que, em média, umas três vezes.

PODER: Você usa algum aplicativo para se exercitar?
ALT: Uso o Strava.

PODER:E qual um aplicativo imperdível de gastronomia?
ALT: Le Guide Fooding.

PODER: Algum site ou app com dicas sobre educação e cuidados com filhos? Ou você participa de algum grupo de mães em redes sociais?
ALT: Nunca usei aplicativo para cuidar dos meus filhos. E só participei de um grupo de WhatsApp uma única vez, para fazer uma vaquinha para comprar um presente para a professora.

PODER: Quando viaja para lugares muito afastados para conhecer a cultura gastronômica brasileira, como você se comunica com a família? Nessas ocasiões é difícil se desconectar?
ALT: Para mim não é nada difícil desconectar. Fico com comunicação restrita sem sofrer.

PODER: Quando você normalmente se desconecta no dia a dia?
ALT: Quando estou estudando e quando estou com a minha família.

PODER: Prefere o livro físico ou aderiu aos digitais?
ALT: Prefiro livro físico mesmo, gosto do papel.

PODER: Como você se locomove em São Paulo? De carro ou táxi?
ALT: Utilizo o Uber na maioria das vezes.

PODER: Qual é a pessoa para quem você mais liga?
ALT: Para a minha mãe e a minha irmã.

PODER: Você é do tipo que prefere ligar ou mandar mensagem?
ALT: Utilizo ambos na mesma proporção. Depende muito do momento e assunto.

PODER: E música, como e quando ouve?
ALT: Não me coloco na categoria daqueles que ouvem muita música. Gosto de ouvir um som na hora de pedalar e normalmente uso o Spotify para isso.

PODER: Tem alguma dica de aplicativo ou site para quem não sabe quase nada de cozinha?
ALT: No site do Instituto Brasil a Gosto tem muitas receitas fáceis para quem quer começar a cozinhar.

PODER: Smartphone: bênção ou maldição?
ALT: É uma bênção, mas pode ser maldição se não soubermos utilizar com moderação.