10.07.2020  /  11:13

Nada de ‘gritaria, babado e confusão’ nas montanhas-russas de Tóquio. A indicação agora é “gritem com o coração”. Entenda!

Executivos japoneses mostram a “emoção” de ir na montanha russa sem gritar || Créditos: Divulgação

Sim, os visitantes de um parque temático em Tóquio terão que curtir em silêncio e de máscara as descidas, curvas e loopings das montanhas-russas que chegam a mais de 150 km. A decisão foi do parque Fuji-Q Highland, e gerou certa revolta nos internautas que afirmaram ser impossível ficar quieto no brinquedo. A resposta deles foi: “gritem com o coração”. Que tal? A ordem faz parte das medidas de seguranças tomadas para evitar a disseminação do coronavírus, que ainda ganhou uma campanha do complexo para que as pessoas compartilhem fotos usando #KeepASeriousFace (mantenha um rosto sério) para concorrer a entradas grátis.

O complexo Disney em todo mundo também tem voltado às suas atividades. Em Tóquio voltou no início de julho. Em Paris, a gritaria nos brinquedos está liberada, desde que esteja com máscara, e o lugar reabre em 15 de julho. Neste sábado, serão reabertos os parques na Flórida com diversas recomendações, diminuição de público e até espaço para quem quiser dar uma relaxada sem máscara. Primeiro o Magic Kingdom e Animal Kingdom, seguidos pelo Epcot e pelo Hollywood Studios em 15 de julho.

Vem ver o vídeo oficial em que os executivos do parque Fuji-Q Highland mostram que é possível “curtir” a montanha russa em silêncio. Será?