27.11.2018  /  10:10

Musical produzido por Gwyneth Paltrow que estreou na Broadway em julho sairá de cartaz

Gwyneth na estreia do musical, em julho || Créditos: Getty Images

O musical produzido por Gwyneth Paltrow que estreou na Broadway em julho já tem data para sair de cartaz, já que não é exatamente um sucesso de público nos palcos de Nova York. Intitulada “Head Over Heels”, a produção inspirada em uma família real cheia de ginga que é citada em um poema do século 16 assinado por Philip Sidney terá sua última apresentação por lá em 6 de janeiro.

Com músicas da banda The Go-Go’s, que conquistou a fama no começo dos anos 1980, “Head Over Heels” foi lançado em 2015 em um festival de teatro conhecido do estado americano do Oregon e neste ano ganhou ainda uma montagem em San Francisco. Chegar na Broadway, no entanto, era um sonho antigo da atriz, que tirou dinheiro do próprio bolso para bancar a ideia. A bilionária Louise Gund e o ex de Paltrow, o cantor escocês Donovan Leitch, também eram sócios da empreitada.

Apesar de não ser um completo fracasso, o musical não conseguiu se destacar diante da concorrência – que no momento incluiu várias outras produções hypadas baseadas no repertório musical de Cher (o “The Cher Show”), e os elogiadíssimos “Network”, com Bryan Cranston, e “To Kill a Mockinbird”, com Jeff Daniels – e conseguiu faturar nas bilheterias apenas o suficiente para não ficar no vermelho.

Não será dessa vez, portanto, que Paltrow vai levar pra casa um Tony como produtora, apesar de que ela em breve terá novidades sobre o programa de televisão à la Martha Stewart e Oprah Winfrey que está desenvolvendo desde o ano passado e que possivelmente irá ao ar pela Netflix em 2019. Vão-se os anéis… (Por Anderson Antunes)

A atriz com o elenco de “Head Over Heels” || Créditos: Reprodução