Murilo Rosa no Kids Club do Martinhal Residences || Divulgação

Murilo Rosa entrega relação com Portugal e fala sobre seu novo endereço no Parque das Nações, em Lisboa

87 Compartilhamentos
87
0
0
0
0
0
Murilo Rosa no Kids Club do Martinhal Residences || Divulgação

Prestes a voltar para a telinha em ‘Salve-se Quem Puder’, que teve as gravações interrompidas em março de 2020 por conta da pandemia, Murilo Rosa já está com a agenda cheia com peças e filmes, entre eles, um que deve ser rodado em Portugal em 2022. O ator é um apaixonado pelo país e por Lisboa, e não por acaso decidiu investir em um imóvel para chamar de seu na cidade, mais especificamente no novo empreendimento Martinhal Residences, que será entregue em 2022 e fica no Parque das Nações, um dos locais mais modernos da capital portuguesa. Murilo que mora no Rio de Janeiro com a mulher Fernanda Tavares, e os filhos Arthur e Lucas, revela ao Glamurama que o apartamento será uma extensão da sua casa no Brasil, com ares de Nova York, outro spot que a família adora: “É uma área muito inspiradora, familiar.” Ao papo!

Glamurama: Qual a sua relação com Portugal? 
Murilo: Sou apaixonado por Portugal. Meu bisavô é português, da região de Coimbra, tenho até um primo distante morando lá. Eu já tinha ido várias vezes antes de Portugal virar esse ‘boom’. Sempre gostei. Lancei várias novelas lá, fui algumas vezes, mas sempre muito rápido e a trabalho. Quando Portugal deu aquela virada, eles foram muito inteligentes e criaram algumas aberturas e facilidades, e funcionou, porque atraiu o mundo todo. Gosto muito de investir em imóveis. Aí pensei em dar um pulo em Portugal. Programamos uma viagem de 45 dias em janeiro de 2019 e conhecemos o grupo Martinhal.

Glamurama: Você é investidor do Martinhal Residences, localizado no Parque das Nações, em Lisboa. Conta para a gente sobre essa parceria? 
Murilo: Sempre tivemos essa temperatura com Portugal. Meu pai, mesmo nascido no Brasil, é bem português. Na viagem em 2019  demos de cara com o Martinhal, em Cascais. Fui eu, Fernanda (Tavares) , os dois meninos (Arthur, de 13 anos e Pedro, de 8) e meus pais. Passamos o Natal e o Réveillon lá, fomos para uma aventura. Ficamos mais sete dias no Martinhal de Sagres, depois em Chiado e nos apaixonamos mesmo. Quando eu estava no Chiado, conheci a Chitra e o marido Roman Stern, donos do Martinhal, que são pessoas incríveis. Criamos uma afinidade e ficamos amigos. O negócio surgiu depois disso. Eles  falaram do Martinhal Residences, novo empreendimento que está sendo construído no Parque das Nações. Eu gosto do antigo, mas gosto do moderno também. Me apaixonei e comprei.

Glamurama: Porque escolheu o lugar? Qual o diferencial?
Murilo: Investir em imóveis ainda é um grande negócio, ainda mais quando pega no ‘time’ certo. O Martinhal é um grupo familiar, não só a estrutura de cima para baixo, que são os donos, mas foi feito para a família. Quando você entra, o Kids Club, espaço para as crianças, é protagonista. Ao mesmo tempo, ele é um residencial diferente. Do primeiro ao quinto andar vai funcionar um hotel 5 estrelas, com todos os serviços e estrutura para a família. Vai ter até carro elétrico na porta. O residencial funciona do 5º ao 14º andar, com várias opções de tamanho de apartamento. Tem essa mistura do serviço de hotel com o conforto de uma residência. Pegamos um apartamento com vista para o Rio Tejo. Estou super ansioso para ver pronto.

Glamurama: O Parque das Nações é considerado uma das áreas mais modernas de Lisboa. Qual o maior atrativo de lá?
Murilo: Tem um pouco do clima de Portugal, mas parece até que você está em Nova York… é muito moderno. Moro no Rio e o Parque das Nações é um pouquinho do que a gente tem aqui. Quando conheci a Fernanda, ela morava há 10 anos em Nova York, lugar que a gente também gosta demais. Tem um pouco do Rio, Nova York… um pouco de tudo o que a gente gosta. No Parque tem vários restaurante, uma marina deslumbrante, um dos maiores aquários do mundo. Alguns passos de distancia tem uma estação de trem ultramoderna, onde podemos pegar um trem para qualquer lugar da Europa. Além do shopping e da ponte Vasco da Gama. É uma área muito inspiradora, familiar, não tem o movimento do centro de Lisboa.

Glamurama: E o que mais gosta em Portugal? 
Murilo: O português é muito receptivo, eles entenderam que o turismo é a solução para um país tão pequeno. Eles recebem a gente com muito carinho, gostam do brasileiro. Gosto também do frio em Lisboa, é agradável. Além disso, o país tem praias deslumbrantes, regiões diferentes. Sou loucamente apaixonado pela comida portuguesa, gosto muito de arroz com frutos do mar, camarão… e os doces portugueses, então?

*Em tempo: além da modernidade e praticidade que o Parque das Nações oferece, outro atrativo do local, próximo ao Martinhal Residences é a United Lisbon International School, que chega a uma das áreas mais modernas de Lisboa. A escola internacional, que fica na Avenida Marechal Gomes da Costa, próximo do Parque das Nações, tem capacidade para alunos desde o Jardim de Infância até o 12º Ano de escolaridade ( K-12). Tem mais! Os alunos também terão a disposição o Bacharelado Internacional ( IB) como uma opção nos últimos 2 anos de escola ( 11º e 12º anos).