18.11.2019  /  12:39

Pai das tops Gigi e Bella Hadid afirma estar ‘quebrado’ após ser multado em mais de R$ 20 mi

Família Hadid: falida? // Reprodução

Pai das supermodelos Gigi e Bella Hadid, o desenvolvedor imobiliário Mohamed Hadid – que se apresenta como bilionário nos altos círculos da Califórnia, o Estado americano com o maior número de membros do clube dos dez dígitos – está quebrado. Advogado dele, Bruce Rudman explicou nos autos de um processo que deu entrada na semana passada em um tribunal de Los Angeles que seu cliente simplesmente não tem dinheiro para pagar uma multa de US$ 5 milhões (R$ 20,9 milhões) que ele recebeu por ter construído sem autorização um “puxadinho de luxo” em sua mansão de Bel Air, um dos bairros mais caros da cidade. “Ele não consegue levantar nem US$ 500 mil (R$ 2,09 milhões”, resumiu Rudman.

Hadid, de 71 anos, ganha a vida comprando terrenos em LA e construindo neles mansões nababescas feitas sob medida para estrelas, de grandes nomes da televisão mexicana a pesos-pesados de Hollywood. Mas foi justo no lar, doce lar do empresário que seu maior problema até agora teve origem. E tudo por causa dos vizinhos, que não gostaram de vê-lo erguendo um terceiro andar na propriedade que já contava com mais de 2,7 mil metros quadrados e, por isso, o denunciaram às autoridades. Estas, por sua vez, lhe aplicaram a multa milionária e determinarma a demolição da obra.

Há quem diga que Hadid (que, de acordo com as publicações americanas mais confiáveis, nunca teve mais do que US$ 10 milhões/R$ 41,8 milhões na conta) está recorrendo a uma manobra jurídica para conseguir mais tempo e evitar ao máximo que seu château seja colocado “na chon”. O caso, aliás, se arrasta na justiça americana desde o começo do ano, até agora sem sinal de que vai ter um fim tão cedo. (Por Anderson Antunes)