“Mulheres Apaixonadas” chega ao streaming e Tony Ramos lembra de momento emocionante: “O povo batendo palmas na rua como se fosse um teatro grego a céu aberto”

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0
0

Sucesso em 2003, “Mulheres Apaixonadas” fala sobre o assunto mais falado no mundo: o amor, é claro! A novela, que é um dos grandes sucessos do autor Manoel Carlos, conta a história de Helena e Téo, interpretados por Christiane Torloni e Tony Ramos, e traz à tona temas ainda atuais, como alcoolismo, violência contra a mulher e ciúmes. Para os fãs da trama ou aqueles que amam uma boa história de amor, a boa notícia é que a novela acaba de chegar ao Globoplay como parte do projeto de resgate de clássicos da dramaturgia brasileira da plataforma. E é Tony Ramos que fala sobre o sucesso da novela e relembra momentos inesquecíveis das gravações, quase 20 anos depois de sua estreia. Ao papo!

Hoje em dia, com as novelas disponíveis no streaming, muitas pessoas estão maratonando, assim como as séries, esses conteúdos. O que você acha dessa nova forma das pessoas assistir novelas?
As novelas contam um pouco da história brasileira e estabelece uma cumplicidade muito forte com o nosso público. O fato de termos novelas no streaming é fascinante e acho ótima essa nova opção de consumir esses conteúdos, onde as pessoas podem escolher um capítulo, uma cena, ou reverem a seu tempo a novela inteira.

‘Mulheres Apaixonadas’ é um sucesso atemporal. Na sua opinião, o que faz dela uma novela tão querida pelo público?
A história é muito forte, é uma novela muito boa, que gera identificação imediata por tratar de assuntos como família, ganância , ciúmes e relapso com a vida pessoal de algumas personagens. O próprio Téo é um homem rico, muito amoroso e simpático, mas ao mesmo tempo um tanto autocentrado. Ele tinha a contradição de um homem de caráter muito agradável, mas que, ao mesmo tempo, tendia a achar que ajudando financeiramente as pessoas que precisam de sua ajuda, já resolvia o problema. Isso muda em um momento de grande dor na vida dele que o faz refletir, que é quando ele é atingido por uma bala na rua.  

Quase 20 anos depois da estreia da novela na TV Globo, existe um momento que seja inesquecível para você?
A cena em que Téo é baleado, em plena rua, no Leblon, e no final das gravações, o povo batendo palmas, nos prédios, nas lojas, nos restaurantes, como se fosse um teatro grego a céu aberto, foi de grande emoção para mim.  

Quais são as características do Téo que, no seu entendimento, representam questões contemporâneas?
“Mulheres Apaixonadas” é uma novela de discussões contemporâneas, envolvendo a maior parte dos personagens. As pessoas, sempre que reveem a novela, encontram algo para refletir.