27.11.2018  /  11:56

Mulher de El Chapo leva bronca por entrar no tribunal com iPhone…

Emma Coronel Aispuro, a mulher de El Chapo || Créditos: Reprodução

A mulher de El Chapo, que assina Joaquín Guzmán, levou um pito das autoridades que controlam o acesso ao tribunal de Nova York onde o traficante mexicano está em julgamento desde o último dia 13. O motivo? A ex-beauty queen Emma Coronel Aispuro entrou no local nessa segunda-feira com um iPhone cheio de bling em mãos, sendo que esse tipo de aparelho é proibido por lá por razões óbvias.

Pega no flagra, ela precisou deixar o smartphone na recepção, não sem antes ouvir uma descompostura, e foi obrigada a passar novamente por um detector de metais antes de seguir para a sala em que o marido é acusado formalmente de ter cometido uma série de crimes internacionais que poderão lhe custar algumas dezenas de anos atrás das grades ou mesmo a prisão perpétua.

A propósito, El Chapo – que é interpretado por Alejandro Edda em “Narcos: Mexico”, atualmente no ar na Netflix – já gastou mais de US$ 5 milhões (R$ 19,5 milhões) com os advogados que o defendem no caso, um dos mais midiáticos da história recente dos Estados Unidos. Um dos defensores dele é o legendário Jeffrey Lichtman, cuja lista de clientes inclui alguns dos nomes mais conhecidos da máfia de NY. (Por Anderson Antunes)