31.08.2020  /  11:26

Mulher de Chadwick Boseman e igreja herdarão fortuna de mais de R$ 100 milhões deixada pelo ator

Chadwick Boseman || Créditos: Reprodução

Morto na última sexta-feira, aos 43 anos, depois de uma batalha contra um câncer de cólon, Chadwick Boseman deixou uma fortuna estimada em pelo menos US$ 20 milhões (R$ 109,6 milhões) para a mulher, a cantora Taylor Simone Ledward. Os dois namoravam desde 2015, se casaram no fim do ano passado – quando o astro da telona já havia sido diagnosticado com a doença – e nunca tiveram filhos. Boseman, que ganhou fama ao interpretar o personagem “Pantera Negra” no blockbuster de mesmo nome lançado há dois anos, também teria providenciado um testamento no qual especificou que a igreja da Carolina do Sul na qual foi batizado e seu coral, no qual ele chegou a cantar, deveriam receber alguma coisa de seu patrimônio. O ator era membro da religião batista, e em entrevistas sempre afirmava que tinha o hábito de rezar antes de entrar em cena.

Como também atuou em papeis principais de outras duas superproduções do universo cinematográfico da Marvel – “Vingadores: Guerra Infinita” e “Vingadores: Ultimato”, lançados em 2018 e 2019, respectivamente – Boseman tinha em seu contrato o direito eterno de receber os royalties pela exibição desses filmes em qualquer plataforma. Em razão da morte dele, a renda nesse caso deverá ficar com Ledward, e dificilmente será inferior a US$ 1 milhão (R$ 5,5 milhões) anuais daqui pra frente, considerando que todos os três principais longas da carreira do marido dela faturaram bem mais de US$ 1 bilhão (R$ 5,5 bilhões) cada nas bilheterias internacionais. (Por Anderson Antunes)