28.01.2021  /  9:45

Morto no ano passado, pai de Ben Stiller deixou herança de mais de R$ 800 mil para sua empregada

Ben e Jerry Stiller
Ben e Jerry Stiller || Créditos: Reprodução

Morto em maio do ano passado, Jerry Stiller deixou um testamento preparado nos mínimos detalhes para beneficiar até mesmo sua empregada de décadas. O comediante, que tinha 92 anos, possuía bens avaliados em aproximadamente US$ 5 milhões (R$ 27,2 milhões), dos quais US$ 150 mil (R$ 814,8 mil) ficaram com a funcionária que prestou serviços para ele e sua mulher – a também atriz Anne Meara, morta em 2015 – durante mais de 30 anos.

Uma outra funcionária que trabalhou durante muito tempo com o casal de artistas, e que morreu recentemente, também é listada entre os herdeiros do patriarca dos Stillers no documento, e nesse caso os herdeiros dela serão beneficiados.

O falecido veterano que era formado em artes cênicas pela Syracuse University de Nova York também estipulou que somas generosas deveriam ser doadas para a entidade educacional e para um fundo que auxilia atores aposentados dos Estados Unidos.

Stiller, que era pai dos atores Amy e Ben Stiller e teve um papel de destaque em “Seinfeld”, também reservou doações em dinheiro para várias outras ONGs do país. A maior parte do patrimônio dele, no entanto, ficou com os dois, lembrando que Ben já é um astro estabelecido por contra própria e dono de uma fortuna estimada em US$ 200 milhões (R$ 1,09 bilhão). (Por Anderson Antunes)