Publicidade

A jornada empreendedora pode ser desafiadora, mas aprender com as experiências e conselhos de mulheres bem-sucedidas pode ser um guia fundamental para quem está começando ou pensando em iniciar seu próprio negócio.

No Top 10 desta semana, elegemos as valiosas dicas de empreendedorismo compartilhadas por algumas das principais líderes femininas em suas respectivas áreas.

Elas compartilham suas percepções sobre como construir uma carreira empreendedora de sucesso, desde a importância do networking até a necessidade de se manter resiliente diante dos desafios. Suas histórias e conselhos oferecem inspiração e orientação para aqueles que estão embarcando nessa jornada desafiadora.

Ana Isabel de Carvalho Pinto – fundadora e CMO do Grupo Icomm

 

Uma dica importante para quem está começando é sempre se preocupar em gerar um diferencial competitivo e manter contato com seus stakeholders, abrindo possibilidades comerciais para o negócio. Além disso, é essencial ter uma visão inovadora frente às necessidades e construir uma conversa interessante para sua comunidade através de produção de conteúdo.

 

Emily Ewell – fundadora e CEO da Pantys


Nesses primeiros passos, a minha dica é não ter medo de errar e procurar o imperfeito. São os feedbacks e novas informações que podem ajudar a melhorar seu conceito, produto ou serviço. Esta mudança de pensamento traz mais tranquilidade para trilhar caminhos que vão ajudar a chegar mais perto do sucesso.

 

Gabriela Morais – fundadora e CEO da Gaab Wellness e Ritua

Ao longo da minha carreira percebi que quando você trabalha com o que ama, a motivação nunca é um problema. Identificar suas paixões e habilidades é o ponto de partida para quem deseja empreender, pois permite construir um negócio autêntico e genuíno alinhado aos valores que acreditamos fielmente. Fora isso, é importante termos uma rede de apoio que nos ajudará a crescer essa ideia, e isso eu falo de pessoas próximas que nos apoiam e nos impulsionam a não desistir, como também pessoas que vão investir tempo para crescer essa ideia que você sonha em transformar em um negócio. E por fim, mas não menos importante, precisamos sempre estar atentos a tudo que acontece dentro do meio que em queremos construir nossa carreira, pois é o que nos diferencia entre um mercado tão amplo.

 

Ghislaine Dubrule – CEO Tok&Stok

Uma dica valiosa para mulheres empreendedoras é construir uma rede sólida de apoio, buscar mentoria e não hesitar em expressar suas ideias com confiança. O networking e o aprendizado contínuo são fundamentais para o sucesso nos negócios.

Luana Génot – fundadora e diretora do ID_BR


O primeiro conselho de todos é: se permita errar no processo. Não se compare. Cada história é única, você vai construir a sua própria trajetória, com as suas vivências e aprendizados. E cada um deles vai te ajudar em situações de liderança. Uma segunda dica é: faça conexões! Você não precisa dar conta de tudo sozinha e as conexões nos ajudam a ir mais longe. Construa sua rede de apoio. Seja um time para quem pode delegar tarefas e atribuições ou pessoas da sua área de atuação com quem possa trocar ideias, é importante se manter conectada a pessoas.  Uma terceira seria: reserve tempo para você e sua saúde mental, conexão com a sua fé, família e coisas que te fazem bem para além do trabalho. E outra seria: permita-se, ouça sua intuição e se auto convide, mesmo quando não se sentir convidada. As vezes esperamos convites chegarem, mas muitas vezes o que precisamos é não pedir permissão e simplesmente  ir e empurrar a porta.

Luanna Toniolo – fundadora e CEO da TROC

“Não hesite em sonhar grande e se dedicar aos seus objetivos. O mundo pode até não estar pronto para as mulheres cheias de ambição, mas a gente vai dar um jeito nisso. A jornada pode ser desafiadora em diversos aspectos, mas tenha a certeza de que ao longo do tempo, cada esforço se torna significativo e valioso. Você é responsável pelo seu sucesso, se você tem determinação, apenas precisa do caminho. E por fim, não se esqueça de dar a mão e puxar o sucesso de outras mulheres com você!”

 

Manuela Bordasch – fundadora e CEO do Steal the Look


“Em primeiro lugar, cultive uma mentalidade resiliente e acredite no potencial da sua ideia e visão mesmo diante de desafios. Também é fundamental buscar aprendizado contínuo e se cercar de pessoas e conteúdos que possam oferecer inspiração e conhecimento. Sou suspeita para falar, já que criei o PUSH, evento de empreendedorismo focado em impulsionar carreiras femininas, mas essas oportunidades são realmente incríveis para trocar experiências com outras mulheres com propósitos parecidos, o que ajuda muito a ter insights inovadores.

Para finalizar, tenha em mente que planejamento é essencial, assim como adaptabilidade para mudar a estratégia quando as coisas não derem certo. E acima de tudo, lembre-se de celebrar cada conquista, por menor que seja, pois na correria do dia a dia as vezes esquecemos que cada passo dado é uma vitória rumo ao sucesso”.

 

Patricia Lima – fundadora e CEO da Simple Organic

Quanto mais você se dedicar, mais acreditar, mais longe você vai. Os desafios são todos solucionáveis: quando se tem uma causa, se trabalha pelo bem, o universo conspira a favor. Confie no seu sexto sentido e siga sua intuição. Nem sempre o que queremos fazer já foi feito, o nome disso é inovação! Então quando ninguém faz, você acha que precisa seguir um caminho, você precisa ouvir e nem sempre o racional funciona. É importante analisar todos os aspectos, mas sem ter medo de errar e tentar novamente.

Priscila Lima de Charbonnières – astróloga, life coach e fundadora do aplicativo Soulloop

 

Empreender requer o equilíbrio entre perfeccionismo, determinação e persistência com a máxima flexibilidade para mudar de opinião e mudar de direção o mais rápido possível sempre que necessário. Unir essas duas características em perfeito equilíbrio é uma arte.

 

Susanna Marchionni – cofundadora e CEO do Planet Smart City

“Para as mulheres que estão começando a enfrentar os desafios do mundo empreendedor, é importante reconhecer e superar as barreiras impostas pela desigualdade de gênero. Em um ambiente muitas vezes dominado por homens, é essencial confiar em sua própria voz e não ter medo de ser assertiva. Cultivar habilidades de negociação e confiança em si mesma é um ponto-chave para se tornar autoridade em seu negócio.

Aconselho às novas empreendedoras a traçarem um plano estruturado para colocar em prática todos aqueles objetivos que almejam e nunca deixar de acreditarem no potencial de realizá-los, é absolutamente crucial. A jornada do empreendedorismo é um eterno aprendizado e o sucesso está na caminhada”

 

 

 

 

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Dia 24 de abril

Dia 24 de abril

O bem-estar tornou-se um tema central, e hoje vamos explorar como os franceses têm se adaptado a esta...

Instagram

Twitter