Publicidade
Eduardo Saverin
Gravesv38, CC BY-SA 3.0 , via Wikimedia Commons

Depois de perder o título de homem mais rico do Brasil para Jorge Paulo Lemann, em razão da forte queda da ação da holding Meta (dona do Facebook) na semana passada, que caiu forte na bolsa eletrônica NASDAQ depois de a gigante das redes sociais ter apresentado resultados abaixo do esperado por investidores, Eduardo Saverin está mesmo é de olho na China.

Por meio de sua empresa de investimentos em venture capital, a B Capital Group, que fundou em 2015 com o sócio Raj Ganguly, o membro do clube dos dez dígitos de 39 anos levantou recentemente cerca de US$ 2,5 bilhões (R$ 12,9 bilhões) que os dois pretendem usar exclusivamente para investir em empresas de tecnologia no país asiático.

A B Capital já tem em torno de US$ 1,9 bilhão (R$ 9,8 bilhões) em ativos sob gestão, e parte desse total está aplicado em startups asiáticas, principalmente, chinesas. No momento, um dos segmentos de tecnologia que mais estão bombando na China é o de B2B, um modelo de negócio em que o cliente final é uma outra empresa e não uma pessoa física (B2C).

Mas que ninguém se engane: Saverin e Ganguly estão cientes de que oportunidades como essa estão surgindo em vários lugares do mundo, inclusive no Brasil, que deve se tornar o foco de um dos próximos fundos da B Capital. Cofundador e um dos maiores acionistas individuais do Face, Saverin tem uma fortuna estimada em US$ 12,2 bilhões (R$ 63,1 bilhões), a maior parte em ações do site de relacionamentos.

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Milan Guide

Milan Guide

Estou prestes a embarcar para o Salone Del Mobile.Milano, um marco na indústria do design que celebra sua...
Dia 12 de Abril

Dia 12 de Abril

Festival de Cannes À medida que o Festival de Cannes se aproxima de seus 80 anos, Thierry Frémaux...
Dia 11 de Abril

Dia 11 de Abril

Fragrâncias de Chanel Pelo terceiro ano consecutivo, a Chanel encanta novamente a capital com seu jardim efêmero durante...

Instagram

Twitter