Publicidade
Settimana della Cucina Regionale
Reprodução/Instagram/Johnny Mazzilli

Para os apaixonados pela gastronomia italiana, dos dias 24 a 30 de outubro, São Paulo sedia a 11ª edição da Settimana della Cucina Regionale Italiana, que tem como objetivo explorar a diversidade gastronômica dos diferentes territórios do país.

Realizado pelo Consulado Geral da Itália São Paulo, o evento contará com 20 restaurantes da capital que receberão 20 renomados chefs italianos. A ideia é executar menus a quatro mãos, em um verdadeiro intercâmbio de experiências, técnicas e valores.

Os restaurantes escolhidos para sediar a Settimana estão entre os melhores representantes da culinária italiana na cidade – e olha que a disputa é acirrada. Os vinte menus refletem o modo de comer do italiano, com a refeição dividida em quatro etapas. Desse modo, os cardápios trazem oito receitas: dois antipasti, dois primi piatti (primeiros pratos), dois secondi piatti (segundos pratos) e dois dolci (sobremesas). O cliente escolhe um de cada grupo no jantar (quatro etapas) ou pode apostar num circuito mais econômico no almoço (três etapas), optando entre um primo e um secondo.

Dez anos se passaram desde a estreia da Settimana della Cucina Regionale Italiana em São Paulo. De lá para cá, essa iniciativa trouxe 79 chefs italianos para a cidade, que cozinharam em 45 restaurantes da capital. O encontro gastronômico ainda deve levantar duas bandeiras importantes da edição da Semana da Cozinha Italiana no Mundo, que será realizada posteriormente em novembro: sustentabilidade e a dieta mediterrânea.

Confira a lista das regiões, restaurantes e chefs convidados para o evento:

ABRUZZO: VINARIUM
Clemente Maiorano – CLEMENTE, de Sulmona (Aquila)

BASILICATA: DUE CUOCHI
Nicola Stella – PALAZZO GATTINI, de Matera

CALABRIA: FELICE E MARIA
Caterina Ceraudo – DATTILO, de Strongoli (Catanzaro)

CAMPANIA: PICCHI
Giovanni Vanacore – ROSSELLINIS PALAZZO AVINO, de Ravello (Salerno)

EMILIA-ROMAGNA: MAREMONTI
Maurizio Morini – ANTICO BORGO, de Tabiano Castello (Parma)

FRIULI-VENEZIA GIULIA: PISELLI
Luca Bidinost – OSTERIA TURLONIA, de Fiume Veneto (Pordenone)

LAZIO: SUPRA
Eleonora Masella – CREDENZA, de Marino (Roma)

LIGURIA: LIDO
Giacomo Campodonico – TRATTORIA L’ULIVO, de Barassi (Genova)

LOMBARDIA: TERRAÇO ITÁLIA
Roberto Cerea – DA VITTORIO, de Brusaporto (Bergamo)

MARCHE: SUGHETTO
Barbara Settembri – LOCANDA DEI MATTERI, de Sant’Elpidio a Mare (Fermo)

MOLISE: SANTO COLOMBA
Lucio Testa – CONTRASTO, de Cercemaggiore (Campobasso)

PIEMONTE: TEMPERANI CUCINA
Antonio Furolo – HOSTARIA DEL VECCHIO MACELLO, de San Maurizio Canavese (Torino)

PUGLIA: SENSI
Alessandro Di Gennaro – QUINTESSENZA, de Trani (Barletta-Andria-Trani)

SARDEGNA: MEZZA LUNA
Roberto Serra – SUCARDULEU, de Abbasanta (Oristano)

SICILIA: TRE BICCHIERI
Pinuccia di Nardo – ANTICA FILANDA, de Capri Leone (Messina)

TOSCANA: RISTORANTINO
Pietro Cacciatori – ALBERGACCIO DI CASTELLINA, de Castellina in Chianti (Siena)

TRENTINO-ALTO ADIGE: ZENA
Paolo Betti – RIFUGIO MARANZA, de Passo del Cimirlo (Trento)

UMBRIA: CASA SANTO ANTÔNIO
Massimiliano Piccirillo – RISTORANTE MONTALCINO, de San Feliciano (Perugia)

VALLE D’AOSTA: TRATTORIA
Christian Turra – BISTROT DE L’ARTISTE, de Valtournenche (Aosta)

VENETO: FOGLIA
Emanuela Marcon – OSTERIA DA FIORE, de Venezia

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Instagram

Twitter