Patricia Magano
Por Mariana Caldas

Projeto de Marina Sanvicente quer mudar o olhar sobre o envelhecimento e busca referências em mulheres com mais de 60 anos

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

O fim da rotina intensa na ponte aérea como figurinista na Globo e a pandemia fizeram Marina Sanvicente repensar sua trajetória profissional. Mas foi uma visita à dermatologista o gatilho que a fez focar na maturidade para seu novo projeto. “Estava incomodada com meu colo, que acordava enrugado, e a dermatologista falou que não tinha jeito, que eu deveria dormir de barriga para cima. Essa não era uma opção porque fico desconfortável e comecei a questionar por que não é permitido que as mulheres envelheçam”, diz ela. “Acreditamos que vamos perdendo a potência, a beleza, e isso é uma prisão. Queria mudar o meu olhar, parar de negar o que é natural em mim e foi assim que nasceu a ideia do projeto Ponto V. “Se colocarmos essas mulheres com mais de 60 anos como protagonistas, como verdadeiras influenciadoras e musas, mudamos o olhar, a sociedade, o preconceito… Mudamos essa prisão”, resume.

Para dar início a esse projeto em parceria com a revista J.P, a diretora criativa bate um papo com a artista plástica Patricia Magano que traz sua força, elegância e espontaneidade.

Quando cheguei à casa da Patricia Magano tive a sensação de atravessar um portal, um lugar que por si só é uma experiência artística. Por algumas horas até esqueci que estava em São Paulo. Cercada por verde, com fachada colonial e uma mistura de cores e formas nada óbvias, cada canto da casa leva a mergulhar no universo dessa mulher de 66 anos que me hipnotizou com sua beleza, alegria e vigor.

Por Mariana Caldas

Despojada, vai mostrando sua arte enquanto elogia os looks que levamos para as fotos. Patricia tira tudo de letra, sugere a maquiagem que lhe cai melhor, as poses e, de quebra, deixa toda a equipe encantada. Ela tem a força, a elegância, a clareza e a espontaneidade que qualquer mulher almeja e, o melhor, segue aberta para ser surpreendida, sempre. Vivacidade é a palavra que traduz Patricia. Em tom de maturidade, vive uma vida sem arrependimentos, mas também se vulnerabiliza ao reconhecer as inseguranças de envelhecer. Potência e juventude representam essa mulher, independentemente da idade, e quando pensei nesta coluna, era exatamente essa inspiração que buscava.

Precisamos apurar o olhar para as mulheres maduras, nos deixar inspirar por quem já viveu um pouco mais que nós, por quem tem mais histórias, mais vida, e reconhecer a importância de ouvi-las como uma transferência de saber ancestral. Patricia Magano é arte, talento, beleza e inspiração, sem piração.

  • Marina San Vicente

    Marina Sanvicente

    Um sonho:

  • Patricia Magano

    Patricia Magano

    Surpresa boa

  • Marina San Vicente

    Marina San Vicente

    Um arrependimento:

  • Patricia Magano

    Patricia Magano

    No regrets (sem arrependimentos)

  • Marina San Vicente

    Marina San Vicente

     O sexo hoje é:

  • Patricia Magano

    Patricia Magano

    Ontem, hoje e sempre.

  • Marina San Vicente

    Marina San Vicente

    Uma saudade:

  • Patricia Magano

    Patricia Magano

    Abraçar desconhecidos.

  • Marina San Vicente

    Marina San Vicente

    Uma viagem:

  • Patricia Magano

    Patricia Magano

    Interior.

  • Marina San Vicente

    Marina San Vicente

    Maior medo:

  • Patricia Magano

    Patricia Magano

    Sofrer, sentir dor.

Você também pode gostar
Cortes Maternidade

Cortes

Semana passada eu caí. Caí na frente de casa, domingo à tarde, chegando de um passeio com meu…