Publicidade
Namoro virtual
Foto: Getty Images

Em um mundo digitalizado, a internet tem se tornado ferramenta crucial para diversos aspectos, até mesmo para encontrar o amor. Um relatório do Estado da Nação de 2023 do Bumble revelou que pessoas que se identificam como parte da comunidade LGBTQIAP+ tendem a usar mais a tecnologia e a comunicação digital para desenvolver e viver seus relacionamentos do que os heterossexuais.

O estudo mostrou que 53% dos entrevistados LGBTQIAP+ preferem usar meios digitais para investir em alguém romanticamente ao invés do famoso ‘cara a cara’, quase 40% a mais que os heteros.

O relatório revelou também que cerca de 46% das pessoas LGBTQIAP+ se sente mais à vontade para usar a comunicação digital para discutir assuntos como exclusividade, ‘assumir a relação’ e discutir objetivos do relacionamento a longo prazo com seus parceiros. Em contrapartida, apenas 1 em 4 (26%) dos heterossexuais optam por ter essas conversas online.

No entanto, voltando para a vida fora da internet, tanto a comunidade LGBTQIAP+, como os heterossexuais preferem dizer “eu te amo” pessoalmente. Além disso, o estudo apontou que ambos compartilham aspirações semelhantes quando o assunto é casamento. Quase 9 em cada 10 pessoas expressaram que não precisam de uma certidão de casamento ou união legal para ter um compromisso significativo com seus parceiros.

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Dia 12 de Abril

Dia 12 de Abril

Festival de Cannes À medida que o Festival de Cannes se aproxima de seus 80 anos, Thierry Frémaux...
Dia 11 de Abril

Dia 11 de Abril

Fragrâncias de Chanel Pelo terceiro ano consecutivo, a Chanel encanta novamente a capital com seu jardim efêmero durante...

Instagram

Twitter