pandemia
Foto: Reprodução/Unsplash

Museu Brasileiro da Pandemia busca doações para criar memória coletiva

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

Para que impacto causado pelo coronavírus não caia no esquecimento, um  grupo de profissionais das áreas da saúde, educação, artes, história, jornalismo, dos direitos humanos e de outras ciências criou o Museu Brasileiro da Pandemia. O projeto nasceu para  preservar e divulgar a memória da pandemia da Covid-19, com ênfase no seu impacto social, na resposta do sistema público de saúde, nas políticas adotadas em razão dela e, sobretudo, na capacidade da sociedade brasileira de resistir e de se organizar para o seu enfrentamento.

O museu, no início, será inteiramente virtual, com perspectivas de, a médio prazo, abrir unidades físicas e realizar exposições temporárias em diversos lugares do país. Na plataforma digital, o projeto será desenvolvido em fases, com salas virtuais que serão progressivamente abertas, conforme a disponibilidade de recursos e o desenvolvimento do plano museológico.

A curadoria geral será definida a partir de uma seleção pública. Cada nova sala virtual do museu terá curadorias especiais, que garantirão uma visão plural do fenômeno da pandemia e de seus efeitos na população.

O Museu Brasileiro da Pandemia está em processo de constituição, sob a forma de uma associação sem fins lucrativos. A iniciativa recebe o apoio da captadora de recursos Benfeitoria e da incubadora de projetos sociais Instituto Sincronicidade. Qualquer pessoa pode doar e qualquer ajuda é bem vinda!

Você também pode gostar