Mercedes
Reprodução

Modelo vintage da Mercedes é leiloado por quase R$ 700 mi e se torna o carro mais caro da história

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

O título de carro mais caro da história já vendido em leilão tem um novo dono. Antes pertencente a uma Ferrari 250 GTO de 1962, arrematada em uma venda no martelo de 2018 por US$ 48 milhões (R$ 233,5 milhões), a honraria agora é da Mercedes Benz 300 SLR “Silver Arrow” de 1955, leiloada no último dia 6 por US$ 142 milhões (R$ 691 milhões).

O martelo foi batido um evento que contou com a presença de apenas alguns multimilionários fãs de veículos antigos que aconteceu em Stuttgart, na Alemanha. O valor tão impressionante se deve ao fato de que não existem mais do que nove variantes da SLR “Silver Arrow” no mundo, um modelo da Mercedes cujas versões de corrida venceram os torneios Mille Miglia e Targa Florio, ambos mundiais de carros esportivos, em 1955. O nome daquele que deu o lance vencedor, como é comum nesses casos, não foi revelado.

No caso da Ferrari leiloada há quatro anos, e que agora já não é a mais cara da história, seu comprador foi o brasileiro Carlos Monteverde, filho da bilionária brasileira radicada na Europa Lily Safra. Carlos, cujo pai, Alfredo Monteverde, fundou a rede varejista Ponto Frio e foi o segundo marido de Lily, é considerado um dos maiores colecionadores de automóveis vintage da atualidade.

Você também pode gostar