Publicidade
Foto: Russell Watkins/Department for International Development

Cofundadora e co-presidente da Bill & Melinda Gates Foundation, a maior entidade filantrópica do mundo, Melinda Gates decidiu que não vai deixar nenhum centavo de sua fortuna para a instituição. Ex-mulher de Bill Gates, que assinou com ele o The Giving Pledge – um pacto não oficial de pessoas muita ricas que se comprometem a doar pelo menos a metade de seus patrimônios ainda em vida -, Melinda achou melhor destinar seu dinheiro para uma série de ONGs e afins que escolherá a dedo e sem a interferência de ninguém.

Ainda em processo de divórcio de Gates, com quem foi casada durante quase 27 anos, Melinda já recebeu até agora cerca de US$ 6,1 bilhões (R$ 32,2 bilhões) dele, que administra seus bens por meio do family office conhecido como Cascade Investments (e que já chegou a ter até ações da Petrobas em sem portfólio). O processo entre os dois tem sido conduzido até agora de forma amigável, mas não deverá acabar tão cedo em razão dos bilhões que estão em jogo. E é possível que Melinda receba até metade da fortuna de Gates, atualmente estimada em US$ 131,7 bilhões (R$ 695 bilhões), já que, segundo o que se comenta nos Estados Unidos, eles nunca assinaram um acordo pré-nupcial.

Em tempo: o maior doador da Bill & Melinda Gates Foundation é Warren Buffett, bff de Gates. Como nunca fez questão de ter uma fundação com seu nome, o centibilionário de 91 anos costuma dizer que prefere deixar isso a cargo de quem entende melhor de caridade do que ele, e já destinou dezenas de bilhões de dólares para a fundação dos Gates.

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Dia 16 de Abril

Dia 16 de Abril

Corte de patriarcas Já mencionamos esta exposição antes, mas vale a pena destacar a obra “Old People’s Home”...

Instagram

Twitter