Keanu Reeves
Foto: Governo do Estado de São Paulo

Keanu Reeves doou 70% de seu salário pelo primeiro ‘Matrix’ para a caridade

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

Keanu Reeves sempre teve fama de ser um dos astros mais “cool” de Hollywood, mas uma revelação recente sobre o protagonista da franquia cinematográfica “Matrix” (cujo quarto capítulo, “The Matrix Resurrections”, estreará nos cinemas no fim do ano) deixa isso bem claro. De acordo com o que foi publicado nessa segunda-feira pela mídia americana, o ator de 57 anos doou para a caridade 70% dos salário e comissão que recebeu pelo primeiro filme da série, que chegou aos cinemas em 1999.

Naquela época, Reeves tinha embolsado um adiantamento de US$ 10 milhões (R$ 57 milhões) para gravar o longa, que foi um sucesso de bilheteria e acabou rendendo a ele outros US$ 35 milhões (R$ 199,6 milhões) mais tarde referentes à sua participação na venda de ingressos. Desse total, ou exatos US$ 31,5 milhões (R$ 179,6 milhões, US$ 52,5 milhões/R$ 299,4 milhões em valores atualizados pela inflação de lá pra cá), foram destinados por Reeves para a pesquisa pela cura da leucemia, doença que a irmã mais nova dele, Kim, enfrentou durante oito anos.

Diagnosticada em 1991, Kim se tratou e entrou em remissão em 2001, ano em que seu irmão mais famoso também criou um fundo específico para arrecadar dinheiro para a causa. E as boas ações de Reeves não param por aí: certa vez o galã da telona foi filmando levantando para dar seu lugar para uma senhora no metrô de Nova York, e em 2020 ele leiloou um “date” virtual pelo Zoom por US$ 19 mil (R$ 108,3 mil), que logo encaminhou para um programa que auxilia crianças com câncer no estado americano de Idaho.

Você também pode gostar