Rupert Murdoch Jerry Hall
Foto: Emma McIntyre /VF19/WireImage

Jerry Hall dá entrada em papéis para se divorciar de Murdoch e pede pensão

1 Compartilhamentos
1
0
0
0
0

Vai acabar em divórcio mesmo o casamento de pouco mais de seis anos de Jerry Hall e Rupert Murdoch. Como GLMRM contou na semana passada, a decisão pelo fim da união dos dois foi revelada primeiramente pelo “The New York Times” e partiu dele, que a avisou sobre isso por mensagem de texto.

E de acordo com a imprensa do Reino Unido, a ex-modelo de 66 anos que teria sido pega de surpresa tanto quanto o resto do mundo pelo que leu no SMS recebido de seu agora ex, logo também tratou de mexer seus pauzinhos para lidar com a situação inesperada, e na última sexta-feira ajuizou uma petição ao Tribunal Superior de Los Angeles, nesse caso com seu pedido formal e nada amigável para se divorciar de Murdoch, de 91 anos.

O bilionário, aliás, participou nesse fim de semana das celebrações pelo casamento de sua neta, Charlotte Freud, com o músico Luke Storey, no interior da Inglaterra, longe de parecer preocupado com qualquer coisa.

Nos autos da ação, a ex-mulher do Rolling Stone Mick Jagger, seu marido entre 1977 e 1999, cita como “diferenças irreconciliáveis” o motivo que a levou a dar entrada no processo litigioso, no qual pede pensão mas deixa claro que o valor que espera receber mensalmente ou anualmente de Murdoch deverá ser definido somente depois de uma análise com lupa das finanças do nonagenário empresário.

O levantamento será feito por uma equipe de entendedores disso, e cujos integrantes, estipulou Hall, devem ser escolhidos pelos juízes que atuarão na resolução do imbróglio judicial digno de destaque na “Page Six”, a coluna de fofocas mais lida do mundo que é publicada pelo jornal americano “New York Post”, da News Corporation, que o tem como fundador e maior acionista.

Além do “Post”, o diário mais lido de Nova York, a gigante possui outros jornais e mais canais de televisão em todo o mundo, sem falar que Murdoch também tem uma participação na Fox (que inclui o icônico estúdio de Hollywood 20th Century Fox, a rede americana de TV Fox e o canal de notícias favorito da direita, o Fox News), cujo controle vendeu para a The Walt Disney Company em 2017. Ambos os ativos respondem pela maior parte de seu patrimônio pessoal, estimado em US$ 17,9 bilhões (R$ 94,7 bilhões).

É pouco provável que ele tenha trocado alianças com Hall, o que aconteceu em 2016, sem ter “blindado” sua fortuna, e portanto o fato de que ela está pedindo uma compensação financeira pode ser indício de que as tais “diferenças irreconciliáveis” tenham por trás algo bem maior do que pode julgar nossa vã filosofia…

Traduzindo: Hall pode saber de coisas que coloquem Murdoch, um dos homens mais poderosos do mundo, em algum tipo de situação desconfortável e não considerada no provável acordo pré-nupcial que assinou para se tornar a quarta esposa do bilionário, um documento que, apesar dos pesares, possivelmente tenha lhe garantido algum tipo de vantagem.

Nesse sentido, aliás, o que saiu na imprensa britânica nos últimos dias dá conta de que a outrora lenda das passarelas bateu de frente foi com os filhos daquele que é considerado “o último grande barão de mídia”, que teriam convencido o pai a “se livrar” da bela, do contrário as relações entre patriarca e herdeiros poderiam ser comprometidas. Por qual motivo? Daí só mesmo o tempo dirá…

Você também pode gostar