Publicidade
Jeff Bezos
Getty Images

A semana foi de pânico em Wall Street, por conta da revelação de que a inflação nos Estados Unidos caiu bem menos do que o esperado pelos investidores, conforme dado oficial divulgado na terça-feira (13). Em razão disso, as fortunas dos americanos listados entre os dez homens mais ricos do mundo tiveram quedas consideráveis, sendo a mais chamativa a de Jeff Bezos, que “perdeu” US$ 9,8 bilhões (R$ 51,7 bilhões) na bolsa em apenas um dia.

Já Elon Musk, o atual homem mais rico do mundo, viu US$ 8,4 bilhões (R$ 44,3 bilhões) de seu patrimônio se derreterem também durante um único pregão, o de quarta-feira (14). Bezos, fundador da gigante do e-commerce Amazon, e Musk, maior acionista e CEO da montadora de carros elétricos Tesla, continuam riquíssimos, claro, com estimados US$ 271,8 bilhões (R$ 1,4 trilhão) e US$ 151,3 bilhões (R$ 798,9 bilhões) na conta, respectivamente.

Mas, o caos econômico nos mercados americanos acabou custando o título de centibilionário a três daqueles que faziam parte do seleto clube de pessoas com riquezas estimadas em US$ 100 bilhões (R$ 528 bilhões) ou mais – no caso, Larry Ellison, da Oracle, Warren Buffert, da Berkshire Hathaway, e Mukesh Ambani, da Reliance Industries, que agora possuem, respectivamente, US$ 99,3 bilhões (R$ 524,3 bilhões), US$ 96,8 bilhões (R$ 511,1 bilhões) e US$ 95,2 bilhões (R$ 502,6 bilhões).

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Dia 24 de abril

Dia 24 de abril

O bem-estar tornou-se um tema central, e hoje vamos explorar como os franceses têm se adaptado a esta...
Dia 23 de Abril

Dia 23 de Abril

Hoje vamos com as noticias mais estilosas da primavera A França, esse querido país da moda e da...

Instagram

Twitter