Yasmin Brunet e Gabriel Medina
Reprodução/Instagram

Gabriel Medina e Yasmim Brunet se separam depois de relacionamento intenso e marcado por polêmicas

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

Gabriel Medina e Yasmin Brunet viveram um romance arrebatador e turbulento, receita clássica de uma grande paixão. Mas, nesta quinta-feira, a notícia de que o surfista tricampeão mundial e a modelo não estão mais casados pegou todos de surpresa. Juntos desde 2020, Gabriel e Yasmin já estão morando em casas separadas, em Maresias, no litoral norte de São Paulo, segundo informação dada pelo Jornal Metrópoles e confirmada pela assessoria da modelo. O anúncio da separação vem dias depois de Medina informar que não vai disputar as primeiras etapas do Circuito Mundial de Surfe para cuidar de sua saúde física e mental. “Estou com uma leve lesão no quadril que venho tratando desde o final do ano passado. Somado ao corpo, tenho questões emocionais que estou precisando lidar. […] Reconhecer e admitir para mim mesmo que não estou bem vem sendo um processo muito difícil”, escreveu o atleta em um post no seu Instagram.

Um dia depois da publicação de Medina, Yasmin chegou a postar uma foto homenageando o agora ex-marido: “Ano passado foi um ano muito difícil para mim e para o Gabriel. […] Vi em primeira mão tudo que ele sofreu porque eu sofri junto com ele. O vi segurar muitas coisas que foram extremamente injustas com ele. […] Muitas vezes fomos massacrados, muitas mentiras foram contadas e tivemos que engolir muitas coisas”.

Relação conturbada

A oficialização do casamento entre Gabriel e Yasmin aconteceu em cerimônia discreta em viagem do casal ao Havaí para o Réveillon de 2021, sem o apoio e o conhecimento da família de Medina. Em fevereiro do ano passado, o casal parou de seguir a mãe e o padrasto dele nas redes sociais que, por sua vez, também deixaram de acompanhar as publicações do filho e da nora. Logo depois, o surfista rompeu as relações profissionais com seu padrasto Charles Saldanha, que atuava como treinador e mentor desde o início da carreira do profissional. Na ocasião, a mãe do atleta chegou a chamar Yasmin de “controladora”.

Além da difícil relação com a família, antes das Olimpíadas de Tóquio, Gabriel se envolveu em uma grande polêmica com o Comitê Olímpico do Brasil (COB). O atleta pediu à entidade para levar a mulher aos jogos, mas teve o pedido negado. O argumento do COB foi de que os atletas só poderiam levar acompanhantes que fossem seus treinadores ou envolvidos com o esporte. Medina ainda tentou argumentar alegando que Yasmin fazia parte de seu staff em todas as competições, mas a justificativa não colou. A influenciadora usou suas redes sociais para demonstrar seu descontentamento com a situação que caracterizou como injusta. Medina acabou não conquistando medalha em Tóquio e ficou em quarto lugar.

Você também pode gostar