Publicidade

Frio invernal

Se o último fim de semana foi marcado pela suavidade, com temperaturas chegando a 15°C (valores bastante altos para a estação), o calor parece ter partido de vez da capital. Nesta segunda-feira, 20 de novembro, o cinza e a chuva estão de volta a Paris, causando uma grande queda nas temperaturas nesta semana. Embora não se espere geada, o termômetro pode chegar a cerca de 5°C a 6°C em Paris e na Île-de-France nesta quarta-feira, de acordo com a Météo-France. Na quinta e sexta-feira, a temperatura ficará entre 7°C e 8°C pela manhã e 13°C à tarde.

 

Ela está volta

Provavelmente todos têm em mente as imagens filmadas da flecha da Catedral de Notre-Dame desabando em chamas em 15 de abril de 2019. Desde então, o processo de reconstrução progrediu em etapas. No ano passado, a Pont au Double foi reaberta ao público, permitindo o acesso ao edifício religioso. Na sexta-feira, 17 de novembro, a empresa responsável pela supervisão da reconstrução revelou que a mítica flecha da Catedral de Notre-Dame se elevará novamente nos céus, “antes do Natal”. Com seus 96 metros de altura, terá a mesma aparência da flecha que adornava o edifício anteriormente, projetada pelo arquiteto Viollet-le-Duc no século XIX.

 

A mais bela avenida do mundo

A Champs-Élysées se iluminou com suas luzes. A tradicional cerimônia de inauguração das iluminações de Natal ocorreu neste domingo, 19 de novembro à noite, com a presença da prefeita de Paris, Anne Hidalgo. As 400 árvores da avenida brilharam intensamente após uma contagem regressiva iniciada pouco antes das 20 horas, diante de milhares de espectadores presentes especialmente para a ocasião. Um desfile musical e um DJ set estavam programados para esta tarde de festividades na avenida, que estava fechada para pedestres. Um espetáculo de Sadeck Berrabah também aconteceu ao anoitecer antes de um discurso de Gilles Lellouche, padrinho da edição. O ator e diretor expressou sua honra por ter sido nomeado padrinho da edição.

 

Gainsbourg – Toujours, la plus rock

É em um contexto um tanto surpreendente que você está convidado a descobrir, até 20 de dezembro, a vida por vezes um pouco caótica, mas sempre apaixonada do cantor de “La Javanaise”. No entanto, uma vez ultrapassadas as luxuosas portas do único palácio parisiense da Rive Gauche, o Hôtel Lutetia, nos encontramos em uma espécie de speakeasy íntimo, o Aristide, que se alinha muito com a imagem deste cantor ultra glamouroso. Lá, descobrimos uma série de fotos em preto e branco que nos mergulham diretamente na intimidade do músico, longe da multidão que percorre a Maison Gainsbourg desde a sua abertura.

 

Jogos Olímpicos 2024: as emblemáticas caixas de livros

A operação era esperada, observada de perto, e deveria fornecer uma visão de um dos problemas relacionados à cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos (JO) de Paris. Na noite de sexta-feira, 17 de novembro, um “teste de viabilidade” foi realizado para desmontar quatro das emblemáticas caixas de livros dos bouquinistes estabelecidas nas margens do Sena, cujo desmonte é exigido pela Prefeitura de Polícia de Paris – cerca de 600 das 900 existentes – por razões de segurança, antes da cerimônia de abertura em 26 de julho, que ocorrerá no rio. Há vários meses, a questão dessas pequenas caixas verdes tornou-se um tema político. Vários eleitos parisienses vieram apoiar os 230 bouquinistes, grande parte dos quais não tem outras fontes de renda e estão preocupados com a perspectiva de “várias semanas de inatividade” durante os JO.

 

Vitimas de violência

Uma ajuda financeira de emergência concedida pelas CAF (Caisses d’allocations familiales) para permitir que as vítimas de violência conjugal deixem seu domicílio, aprovada em fevereiro pelo Parlamento, será implementada em 1º de dezembro, afirmou na segunda-feira a ministra das Solidariedades Aurore Bergé. O prazo deve ser de três a 5 dias. O Ministério esclarece que essa ajuda de emergência será, em média, de 600 euros, com um mínimo de 243 euros, um valor que variará de acordo com os recursos e o número de filhos. O pagamento será feito em uma única parcela.

 

Um plano para ajudar as empresas

De acordo com o Palais de l’Élysée, apenas 2% das pequenas e médias empresas na França estão envolvidas em exportações, em comparação com 9% na Alemanha. A intenção do chefe de Estado é, portanto, aumentar a participação das PMEs que exportam, e o governo promete selecionar cerca de cem empresas cujos produtos e serviços podem ter mercado internacional, para acompanhá-las em feiras e salões internacionais. Eles propõem, por exemplo, cobrir parte de suas despesas de viagem, facilitar seu acesso a financiamentos para captação de recursos ou ainda colocá-las em contato com os atores do Estado que atuam na diplomacia econômica.

 

 

 

 

 

 

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Milan Guide

Milan Guide

Estou prestes a embarcar para o Salone Del Mobile.Milano, um marco na indústria do design que celebra sua...
Dia 12 de Abril

Dia 12 de Abril

Festival de Cannes À medida que o Festival de Cannes se aproxima de seus 80 anos, Thierry Frémaux...
Dia 11 de Abril

Dia 11 de Abril

Fragrâncias de Chanel Pelo terceiro ano consecutivo, a Chanel encanta novamente a capital com seu jardim efêmero durante...

Instagram

Twitter