Publicidade

Encontro de gigantes

Exclusivamente composta por obras da Pinault Collection, destacando sua amplitude, vitalidade e diversidade, a exposição “Le monde comme il va” (O mundo como ele vai) se desdobra em todos os espaços da Bourse de Commerce, a partir de hoje. Reunindo uma ampla seleção de peças principalmente realizadas desde os anos 1980, das quais metade estão sendo expostas pela primeira vez pelo museu, ela destaca a paixão e o compromisso de François Pinault com uma arte contemporânea diretamente ligada ao nosso tempo. Desde figuras estabelecidas como Damien Hirst, Jeff Koons e Cindy Sherman até uma geração mais jovem de artistas como Anne Imhof, Mohammed Sami e Pol Taburet, as escolhas do colecionador, sempre refletiram essa paixão por uma arte em sintonia com seu tempo, seja ela engajada ou simplesmente observadora, provocadora ou mais sombria. Em conexão com a exposição, a carta branca concedida à artista sul-coreana Kimsooja, no átrio do museu, uma intervenção ao mesmo tempo monumental e sensível, vira toda a arquitetura da Bourse de Commerce de cabeça para baixo e, com ela, a ordem do mundo através de um imenso espelho circular, colocado no chão.

 

Puro deleite

Para celebrar a Páscoa, os renomados chefs Jean-Paul Hévin e Pierre Hermé apresentam produtos exclusivos na tradicional loja de departamentos de Paris. Além disso, a marca local Plaq, conhecida por seus chocolates selecionados grão a grão, também está presente, trazendo ao público um ovo de chocolate ao leite com praliné feito de amendoim cultivado na França, disponível com exclusividade na loja. As delícias estarão disponíveis no espaço Gourmet da Galeries Lafayette até 2 de abril. Pierre Hermé surpreenderá os amantes de chocolate com um ovo “blonde” de chocolate caramelizado, enquanto Jean-Paul Hévin apresentará uma releitura incrivelmente suave do ovo de Páscoa, adornado com pequenos ovos de praliné em formato de peixes e criaturas marinhas. Alléno & Rivoire, Dalloyau, Pierre Marcolini, Louis Fouquet, Yann Couvreur e Philippe Conticini, outros nomes consagrados da doçaria europeia, também estarão presentes para apresentar suas criações exclusivas para a ocasião.

 

Um recorde

O Primeiro Ministro Gabriel Attal elogiou nesta manhã os “resultados históricos” na luta contra a fraude fiscal e social, anunciando um aumento nos objetivos de recuperação do Urssaf, organização francesa encarregada da cobrança de contribuições sociais dos empregadores e trabalhadores independentes. Durante uma conferência de imprensa para apresentar o balanço da luta contra a fraude, o premiê assegurou: “Nunca antes rastreamos tanto a fraude”. Enfatizando a gravidade de cada caso de fraude, Attal destacou que ela afeta “70 milhões de vítimas”. Ele comemorou os avanços, relatando um aumento de 25% nos controles fiscais e um aumento de 30% no número de buscas fiscais no último ano. “Preferimos intensificar a pressão sobre os fraudadores em vez de sobrecarregar os impostos dos cidadãos franceses”, afirmou Attal. Detalhando os números, revelou-se um recorde de 15,2 bilhões de euros em recuperação de fraudes fiscais em 2023, superando os 14,6 bilhões de euros de 2022.

 

 

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Dia 12 de Abril

Dia 12 de Abril

Festival de Cannes À medida que o Festival de Cannes se aproxima de seus 80 anos, Thierry Frémaux...
Dia 11 de Abril

Dia 11 de Abril

Fragrâncias de Chanel Pelo terceiro ano consecutivo, a Chanel encanta novamente a capital com seu jardim efêmero durante...

Instagram

Twitter