Publicidade

Conheça outras formas de consumo e curiosidades sobre este destilado que vem se tornando cada vez mais popular no Brasil

 

 

Entrando no clima do Dia da mentira, resolvemos desmentir alguns mitos que ainda circulam sobre a tequila. Começando pela sua origem, apesar da crença popular, a tequila não é produzida a partir do cacto, mas sim do Agave Azul que quando completa 12 anos é extraído seu miolo, podendo chegar a 90 kg!

Outra informação importante é que apesar do Agave ser encontrado em outros países ou estados, não significa que a tequila pode ser produzida em qualquer lugar. Para ser rotulada com este nome, ela precisa ser fabricada no estado de Jalisco dentro dos quatro municípios autorizados, sendo eles: Guanajuato, Michoacán, Nayarit e Tamaulipas.

 

E quebrando um dos principais e mais longínquos mitos culturais: nada de sal, limão e shots! A tequila é ótima para drinks e pode ser harmonizada com chocolate. De origem mexicana, o líquido sempre foi associado – e limitado – a um ritual composto por sal, limão, arriba e a dentro. Porém, seu consumo vai muito além disso! Perfeito para drinks, como é explorado no México, a bebida pode ser harmonizada perfeitamente com diferentes chocolates e deve ser desfilada bem gelada ao invés do rápido shot.

 

Harmonização com chocolate

Com suas notas elegantes e cheias de sabor presentes, a tequila combina perfeitamente com chocolates que tenham personalidades mais doces, como os que têm caramelo, por exemplo. Outra combinação muito interessante são os chocolates com frutos vermelhos. E um toque curioso pode ser a descoberta do líquido com chocolates de flor de sal. E claro, o clássico delicioso, que é a harmonização mais recomendada: chocolate trufado levemente amargo, este ressalta ainda mais o líquido.

Explorando os sabores, cada chocolate ressalta um elemento da tequila. O de caramelo levanta a baunilha presente no líquido. Os frutos vermelhos, um toque levemente picante no final. Já o caramelo flor de sal ressalta o tom amadeirado, e o trufado amargo, o aveludado sutil de Don Julio 1942.

Don Julio mesmo é uma marca que seus rótulos se destacam por priorizar a qualidade, proporcionando ao líquido um resultado premium e de aromas complexos, tornando-se uma escolha sofisticada para os apreciadores de tequila. A marca oferece uma linha de quatro títulos distintos, com suas próprias características únicas, atendendo a uma variedade de preferências e ocasiões de consumo:

Don Julio Blanco, uma tequila cristalina, destilada em alambiques de cobre, que oferece um sabor fresco e cítrico, perfeito para drinks refrescantes. Sua pureza e clareza a tornam uma opção versátil para coquetéis.

Don Julio Reposado é envelhecido por oito meses em barris de carvalho e apresenta um sabor suave e equilibrado, com notas de baunilha e caramelo. O rótulo é uma escolha perfeita para quem aprecia uma tequila de caráter suave, ideal para ser consumida pura ou em coquetéis refinados. Seu processo de envelhecimento cuidadoso confere a ele uma complexidade de sabores que o diferencia no mercado.

 

Don Julio Añejo, envelhecido por 18 meses em barris de carvalho, resulta em uma tequila complexa e rica em sabores, com notas de chocolate e frutas secas. Esta opção é a escolha definitiva para quem busca uma experiência de degustação verdadeiramente premium, adequada para ser consumida lentamente, destacando sua profundidade de sabores.

Don Julio 1942 é o grande destaque do portfólio, uma tequila ultra-premium envelhecida por pelo menos dois anos em barris de carvalho. Esse cuidadoso processo resulta em um sabor suave e sedoso, com notas distintas de caramelo, baunilha e chocolate. Considerado uma verdadeira joia da destilaria, a bebida é altamente cobiçada por conhecedores de tequila em todo o mundo e é recomendada que seja consumida em taças. Este rótulo recebe como nome uma homenagem ao seu fundador, Julio González, que iniciou sua jornada na produção de tequilas em 1942, aos 17 anos.

Por fim, mas não menos importante, o destilado mexicano deve ser consumido gelado, sendo ingerido aos poucos para que as notas e sabores contidos em sua composição possam ser apreciados. No México é comum colocar a garrafa no balde com gelo para consumir aos poucos.

Esses são apenas alguns dos mitos comumente disseminados!  Além disso, não deixe de conhecer e experimentar os drinks que levam o destilado na sua formulação, como os populares Margarita e Paloma.

 

VOCÊ TAMBÉM PODE GOSTAR

Milan Guide

Milan Guide

Estou prestes a embarcar para o Salone Del Mobile.Milano, um marco na indústria do design que celebra sua...
Dia 12 de Abril

Dia 12 de Abril

Festival de Cannes À medida que o Festival de Cannes se aproxima de seus 80 anos, Thierry Frémaux...
Dia 11 de Abril

Dia 11 de Abril

Fragrâncias de Chanel Pelo terceiro ano consecutivo, a Chanel encanta novamente a capital com seu jardim efêmero durante...

Instagram

Twitter