Reprodução

Decidido a se mudar para a Rússia, Kanye West quer marcar encontro com Vladimir Putin

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

Kanye West, que se autointitula um “gênio” no aguardado documentário sobre sua vida e carreira que a Netflix vai lançar no próximo dia 16, “Jeen-yuhs: A Kanye Trilogy”, está determinado a ser recebido no Kremlin por ninguém menos que Vladimir Putin, o segundo homem mais poderoso do mundo, segundo a Forbes, depois do presidente chinês Xi Jinping.

Ao que parece, o rapper americano está pensando seriamente na ideia de se mudar para a Rússia, e, nesse caso, achou por bem tratar da questão diretamente com o político e quase presidente eterno do país – Putin exerce o cargo por lá desde 2012 (e, antes disso, entre 1999 e 2008).

Não se sabe ainda o que Putin pensa a respeito da ideia, mas não custa lembrar que West é amigo do ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump que, por sua vez, é fã do “quase tsar” russo e poderia mexer alguns pauzinhos em seu favor. Em tempo: West e Trump tiveram uma briga tempos atrás, mas já se entenderam.

Em entrevista para a revista americana Billboard, Ameer Sudan, que atua como conselheiro estratégico do bilionário dos sneakers, revelou que seu cliente já tem viagem marcada para a Rússia nos próximos meses, onde deverá permanecer “por um bom tempo”.

Sudan é quem está organizando a trip, junto com Scott Balber, o advogado de longa data de West (e que também trabalha para o bilionário russo do setor imobiliário Aras Agalarov) e Ameer Sudan, filho e assessor dele. Todos trabalham para tornar a Rússia a “segunda casa” do ex-marido de Kim Kardashian.

Você também pode gostar