Lady Gaga
Foto: Rreprodução/Christopher Polk

Casamento mais caro de 2022 (até agora) custou mais de R$ 63 mi e teve show de Lady Gaga

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

Forte candidato a levar o título de “casamento mais caro de 2022”, o da chef Caroline Byron, em sua primeira subida ao altar, e do bilionário britânico Alan Howard, que já foi casado no passado e tem quatro filhos, foi um regabofe daqueles que custou US$ 12,2 milhões (R$ 63,4 milhões) – aí incluído um cachê de US$ 5 milhões (R$ 26 milhões) que Lady Gaga cobrou do riquíssimo, mas completamente desconhecido casal, por um show seu exclusivo de duas horas cronometradas.

Para efeito de comparação, nenhuma das apresentações individuais da intérprete de “Bad Romance” em suas turnês mais lucrativas até hoje lhe rendeu tanto dinheiro quanto o que levou pra casa pela performance que fez na troca de alianças de Byron e Howard, no último fim de semana, com o direito de escolha do repertório pelos noivos.

Realizado na vila que Howard tem na região do Lago Como, na Itália, que não faz muito tempo sofreu com enchentes que deixaram prejuízos enormes, conhecida como Villa Olmo e cujos vizinhos são Amal e George Clooney – esse, sim, um casal de famosos – o casório reuniu membros do high de todas as partes do mundo e um ou outro convidado famoso, como a também cantora britânica Pixie Lott, bff da noiva, além de Edoardo Mapelli Mozzi e a mulher, a princesa Beatrice do Reino Unido.

Construída no século 18, a Villa Olmo de Howard, que fez fortuna (US$ 3,2 bilhões/R$ 16,6 bilhões, segundo estimativas) como investidor de “hedge fund”, ganhou uma reforma para ficar impecável no grande dia dele e de Byron, que consumiu US$ 1,4 milhão (R$ 7,3 milhões) e durou pouco mais de um mês.

Outras extravagâncias, como um show exclusivo de fogos de artifício e decoração com flores vindas de outros países e transportadas de jatinho até a propriedade, completam o saldo final multimilionário do matrimônio. Howard, de 59 anos, e Byron, de 33, sempre fizeram a linha “discretos”, mas aparentemente resolveram extravasar com a parte de comemoração de suas bodas, uma vez que, no papel, eles já eram marido e mulher desde 2020.

Você também pode gostar