Ana Fontes
Foto: Divulgação

Ana Fontes: ‘O que aprendi com as mulheres é que vamos atrás de solução sempre’

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

Especialmente cruel com as mulheres, a pandemia foi um divisor de águas na vida de muitas trabalhadoras. Com 40% dos lares brasileiros sendo sustentados por elas, que foram as mais demitidas com o início da quarentena, a maioria das atuais empreendedoras no Brasil foram obrigadas a se virar.

É a partir dessa premissa que Ana Fontes, especialista em empreendedorismo feminino, escreveu o seu “Negócios: Um assunto de mulheres: A força transformadora do empreendedorismo feminino”. “Não é sobre a história da Ana, mas é um manual para quem quer empreender”, contou a autora, durante live com Joyce Pascowitch nesta terça (21).

Afinal, 70% das empreendedoras atuam nas áreas que mais foram afetadas na pandemia, como beleza, moda e restaurantes. O intuito da fundadora da Rede Mulher Empreendedora é capacitar, dar mentoria e colocar dinheiro na mesa dessas mulheres. “Para mudar o jogo precisamos combinar essas coisas”, completa Ana.

Com 12 anos de organização e tendo impactado mais de 9 milhões de mulheres, Ana Fontes conta que o primeiro passo para empreender é buscar conhecimento. “Diferente de antes, hoje é preciso aprender a empreender para não perder dinheiro.”

Já o ponto de virada, ela diz, pode estar em somar suas habilidades com as oportunidades do mercado. “Você tem que entender o que as pessoas estão precisando e buscando.”

Ana Fontes compartilha ainda seu maior aprendizado com as mulheres: “Para mim a resiliência é o reflexo das mulheres. O que aprendi com as mulheres é que elas buscam solução, não ficamos matutando muito as coisas, vamos atrás da solução.”

Veja o papo na íntegra!

Você também pode gostar