Paris Fashion Week
Reprodução/Pixabay

Semana de alta-costura parisiense tem desfiles presenciais confirmados em meio a nova onda de Covid-19

1 Compartilhamentos
1
0
0
0
0

Desde que Giorgio Armani anunciou, semana passada, que estava cancelando seu próximo desfile presencial por conta do aumento dos casos de Covid-19 na Europa, um ponto de interrogação pairou sobre a Semana de Alta-costura parisiense. Mas o clima de incerteza mudou nesta segunda-feira, quando o calendário final foi publicado pela Fédération de la Haute Couture et de la Mode, órgão que governa a moda francesa. Ao que tudo indica, grandes casas, como Dior, Chanel e Fendi, confirmaram o acontecimento de seus desfiles físicos na semana de moda que acontece entre os dias 24 e 27 de janeiro.

Ao todo, 16 marcas estão programadas para realizar eventos físicos, mesmo em um cenário de cancelamentos devido à nova onda de infecção por coronavírus. Dior e Chanel realizarão dois desfiles separados e Schiaparelli voltará à passarela pela primeira vez desde o início da pandemia. A semana também marca o retorno de Valentino, que mostrou suas coleções online nas últimas três temporadas.

Outras marcas que planejam desfiles com convidados são Azzaro Couture, Alexis Mabille, Stéphane Rolland, Julien Fournié, Alexandre Vauthier, Viktor & Rolf, Elie Saab, Yuima Nakazato, Imane Ayissi e Yanina Couture. Além destas, outras sete apresentações físicas estão confirmadas contra apenas seis desfiles digitais, entre eles o de Giambattista Valli

Você também pode gostar