Demna Gvasaliaga
Reprodução/Instagram

Ousado e inovador, Demna Gvasalia, estilista da Balenciaga, revoluciona alta-costura

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

Vira e mexe a internet para por alguns segundos com as novidades da Balenciaga. A casa de moda espanhola conhecida pela sua ousadia fashion é comandada desde 2015 por Demna Gvasalia. Com uma visão disruptiva unida ao legado inovador de Cristóbal Balenciaga, Gvasalia levou a marca a outro patamar, transformando-a em um fenômeno do streetwear e se consagrando como grande player do mundo da moda. Nos últimos red carpets, o designer marcou presença vestindo celebridades como Rihanna e Kim Kardashian.

Uma das últimas a chegar ao MET Gala 2021, RiRi era uma das presenças mais aguardadas do evento. Com styling de Jahleel Weaver, a cantora desfilou ao lado do namorado A$AP Rocky em look all black e bufante da coleção outono 2021 da Balenciaga.

Getty Images

Apesar de coberta dos pés à cabeça – literalmente -, Kim não passou despercebida pelos fotógrafos presentes no baile do Met. Usando um look exclusivo desenhado por Demna, ela apareceu vestindo uma produção conceito e monocromática que incluía t-shirt, vestido, botas e luvas.

Getty Images

Mas esta não foi a primeira vez que Kim apareceu completamente coberta. Também de Balenciaga, a estrela do reality “Keeping up with the Kardashians” foi flagrada em Nova York, dias antes do baile do MET, usando look todo de couro. Em preto, Kim estava com sobretudo, calças, botas de salto, máscara com zíper e uma bolsa de strass da marca espanhola. A estética da irmã mais famosa do clã Kardashian-Jenner lembrou a produção usada por ela durante sua ida ao show de lançamento do novo disco de Kanye West, seu ex-marido. Na ocasião, Kim também apareceu vestindo Balenciaga e usando uma máscara preta que cobria seu rosto.

Mas as criações ousadas de Gvasalia não se restringem só aos eventos de gala e grandes celebridades. Em junho deste ano, o designer surpreendeu ao lançar um Crocs com salto alto e fino. O sapato, que fez parte de uma parceria com a marca de calçados de borracha, era da coleção de primavera 2022 da label, a Balenciaga Clones, e não foi a primeira colaboração entre as marcas. Quem lembra dos polêmicos sapatos em versão plataforma que esgotaram antes mesmo de chegarem às lojas, em 2017?

“Fomos inspirados pelos Crocs e trabalhamos com eles em uma releitura da Balenciaga. Balenciaga x Crocs não é impossível, a questão do gosto é um valor muito subjetivo. Veremos se isso funciona dentro de seis meses nas lojas”, disse Demna Gvasalia à Vogue francesa na época, chamando os tamancos de “os sapatos mais confortáveis do mundo”.

Fato é que a Balenciaga não precisa de nenhuma parceria para brincar nas criações e causar burburinho digno do tamanho de sua ousadia. A polêmica shopper bag, lançada em 2016 na coleção de estreia de Gvasalia, virou meme por aqui ao ser comparada com as tradicionais sacolas de feira, porém vendida pela pechincha de R$7.200 na época. Outro ponto alto daquele ano foram as maxicorrentes de óculos feitas de veludo e vendidas por U$315 (aproximadamente R$1.300 na conversão atual).

Divulgação/Balenciaga

Mais uma pérola da maison foi o “ugly shoes” (tênis feio, em português). Resgatado dos anos 1990, o calçado, que antigamente podia ser facilmente flagrado nos pés dos pais ou avós, ganhou versões mega extravagantes, seguindo o DNA da marca, e hoje integra o portfólio da Balenciaga como um item clássico. Este ano, ele até inspirou a criação da Sneakerhead, uma bolsa feita 100% em poliéster e com direito a cadarços, óbvio!

Você também pode gostar