Louis Vuitton em Miami
Foto: Divulgação/ Louis Vuitton

Louis Vuitton apresenta espetáculo inesquecível como tributo à memória de Virgil Abloh

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

Foi mais do que um desfile, foi uma celebração da vida de Virgil Abloh, que partiu no domingo, dia 28, vítima de câncer. Realizado para mostrar coleção masculina para a Primavera/Verão 2022, a última de Abloh para a Louis Vuitton, “Virgil was Here” (Virgil esteve aqui, em tradução livre) foi encenado na noite de terça, 30 de novembro, em Miami, e é fruto de um planejamento de três anos.

Antes de os modelos percorrerem a passarela, o CEO da marca, Michael Burke discursou. Emocionado, ele disse “o comovente show que vocês vão assistir nasceu de uma ideia que Virgil e eu discutimos pela primeira vez há três anos. É baseado na tradicional narrativa de amadurecimento (coming of age), mas, é claro, sendo Virgil, ele recontextualizou o conceito para o século 21 e, ao fazer isso, expressou seu talento e visão únicos”. Burke acrescentou que “essa ideia de amadurecimento era importante para Virgil, porque inspirar e empoderar as gerações mais jovens define quem ele era. Ele usou a plataforma de que dispunha para derrubar fronteiras, abrir portas, jogar luz nas suas paixões – arte, design, música e, é claro, moda – para que todos pudessem enxergar o que há por dentro – não apenas sonhar em fazer parte daquele mundo, mas achar meios de fazer de fazer daquele sonho uma realidade”.

Foto: Divulgação/Louis Vuitton

O desfile aconteceu ao ar livre. A passarela foi instalada em uma barcaça flutuante repleta de árvores. Uma estátua de Virgil de mais de nove metros de altura também integrava o cenário. Conforme o desfile se aproximava do fim, foi lida uma citação de Virgil Abloh que dizia “Não há limite. A vida é tão curta que você não pode desperdiçar nem um único dia acreditando no que alguém acha que você pode fazer versus sabendo o que você pode fazer”.

Você também pode gostar