Marcos Mion
Reprodução/Instagram

Figurinista fala dos looks ousados de Marcos Mion no ‘Caldeirão’: ‘Sabe o que fica bem nele’

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

Desde que assumiu as tardes de sábado da Globo, Marcos Mion vem chamando a atenção do público pelo humor, o compromisso com a luta das pessoas autistas, sua leveza e… seu looks. O apresentador do “Caldeirão com Mion” abandonou o estilo mais engomadinho dos colegas apresentadores e trocou por peças um tanto quanto ousadas, como shorts e até chinelo.

Quem assina os looks é a figurinista Sandy Topfer, que trabalha na emissora há 22 anos e já vestiu nomes como Ana Maria Braga e Sophia Abrahão. GLMRM conversou com ela sobre o processo de decisão dos looks.

“Uma das coisas boas do Mion é que ele sabe muito bem o que fica bem nele, o que gosta e o que não gosta. Então, mesmo não conseguindo fazer a prova da roupa antes da gravação, ele sabe o que vai ficar legal só de ver a roupa em um manequim”, conta Sandy. A figurinista explica que, como o apresentador mora em São Paulo e grava os programas apenas algumas vezes na semana, a conversa e “prova de roupa” com o apresentador acontece, basicamente, pelo WhatsApp.

Para ela, usar a moda como uma expressão artística é o que faz com que Mion busque estampar a jovialidade e a modernidade em suas peças. Assim que entendeu o estilo próprio do apresentador, Sandy foi à caça das peças e hoje, afirma, possui um arsenal de roupas que são a cara de apresentador.

Chinelo pode?

Embora combinem perfeitamente com o mood descontraído do apresentador de 42 anos, há ousadias que chamaram atenção do público nas redes. Como a primeira vez em que Mion apareceu com um chinelo para apresentar o “Caldeirão”. Sandy conta que, na hora em que o diretor do programa, Geninho Simonetti, viu os pés do artista, pensou que ainda precisava terminar de se aprontar e perguntou se não iria colocar um tênis. “Eu vou assim mesmo”, respondeu Mion.

Mesmo com receio de ser “arriscado demais” para um programa de TV, o look foi um sucesso. Virou notícia em diversos veículos e jornais, afinal, não é comum ver um apresentador no palco com uma roupa tão parecida com a do espectador no sofá. Para a figurinista, isso prova que, para vestir Mion, é necessário chegar ao trabalho com a mente aberta e cheia de ousadia.

O caminho, afirma, seguiu naturalmente da mesma forma quando o apresentador usou mangas curtas e mostrou seus braços fechados com tatuagens para o público. Quando trabalhava na Record TV, Mion precisava vestir mangas compridas para cobrir as artes corporais, vetadas pelas diretrizes da emissora comandada pelo bispo Edir Macedo.

Ainda assim, de todas as peças, os sapatos são os que mais ganham destaque no visual. Não é novidade que o artista é apaixonado por tênis e possui uma coleção deles. “Eu sugiro as roupas e ele sugere os tênis, sendo todos da coleção dele”, comenta Sandy, que diz que Mion viaja com os sapatos em sua mala na ponte-aérea Rio-São Paulo.

Mais do que pensar em ousar ou transgredir regras de figurino na TV, Mion gosta de se sentir à vontade nas roupas que veste durante a apresentação do programa, ela diz. “Se você se sente bem com o que usa, tudo flui bem”, pontua Sandy.

Você também pode gostar