Foto: Divulgação

Desejo do dia: Coleção Asia Vanguard Crazy Hours, da relojoaria suíça Franck Muller

0 Compartilhamentos
0
0
0
0
0

A coleção Asia Vanguard Crazy Hours reflete a audácia da Franck Muller em apresentar novas estéticas aos seus já conhecidas modelos. Um dos icônicos da ala masculina da relojoaria suíça ganhou curvas esportivas e numerais em cores vibrantes para quem quer adornar, em seu pulso, um acessório que emana traços de obra de arte. 

Encapsulados em uma leve caixa de carbono, os algarismos foram aplicados à mão nas laterais do relógio e arrematados com pulseira feita em couro de crocodilo, costurada cuidadosamente pelos watchmakers em uma das fábricas da relojoaria suíça – os detalhes da costura seguem as cores dos numerais do mostrador. 

Os relógios Crazy Hours oferecem uma leitura única na consulta das horas: repare no posicionamento diferente dos numerais, quando de 1 a 12 eles seguem uma ordem diferente daquela que estamos acostumados. Esse mecanismo patenteado faz parte de uma complicação – ou seja: uma técnica desenvolvida exclusivamente pela etiqueta em que o ponteiro central salta literalmente de uma hora para a outra, seguindo respeitosamente os números aleatórios do mostrador.

A Franck Muller acredita que o tempo se torna algo pessoal, individual e único, já que você fica hipnotizado esperando para observar o salto hipnotizante do Crazy Hours a cada 59 minutos.

Alta relojoaria

No dicionário da Alta Relojoaria, complicação pode ser traduzida como função adicional às horas. Podem ser calendários, fases da lua, entre outras funcionalidades. Por este motivo, a etiqueta suíça é conhecida como #MasterOfComplication (mestre das complicações) devido ao seu cuidado para entender o que seus consumidores têm de necessidade e transformar em tecnologia, patente ou complicação.

Para elas

Para contrapor a versão masculina, a Franck Muller apresenta o Vanguard Crazy Hours Lady, com cores glamorosas em uma case com 299 diamantes cravejados em lapidação brilhante de 3,83 quilates. Nessa interpretação, o mostrador apresenta belíssimos raios de sol (ao fundo), que remete à estética jovem e futurista da marca suíça. As linhas da case dão ar esportivo e moderno a este drop, que foi desenhado para expressar o conceito do tempo como construção abstrata, estabelecendo nova filosofia ao proclamar a independência da ordem do tempo.

História

Lançada em 2003, a ideia para a complicação Crazy Hours surgiu de Franck Muller, fundador da marca, durante umas férias nas ilhas Maurício. Ela compreende um módulo de horas saltitantes e um movimento automático. Enquanto o ponteiro das horas salta para apontar para o numeral correto das horas, o ponteiro dos minutos circunda o mostrador no tradicional ciclo de 60 minutos. Apesar de os numerais das horas estarem dispostos de forma aparentemente aleatória, há uma sequência para as crazy hours – cada número subsequente está localizado aproximadamente a um arco de 150 graus de distância em relação ao número que o precede.

Boutique brasileira

Diferentes e icônicos modelos da Franck Muller se preparam para aportar no Brasil na primeira loja da marca suíça na América Latina, que será aberta em dezembro no shopping Cidade Jardim. A boutique, que segue a estética de outras espalhadas pelas principais metrópoles do mundo, fica localizada no andar térreo do centro de compras, ao lado do restaurante Makoto. Prepare-se para se encantar!

Foto: Divulgação

Você também pode gostar