Foto: Divulgação

A exemplo da Nanushka, marcas ressignificam conceito de no luxo com sustentabilidade e inclusão

29 Compartilhamentos
29
0
0
0
0

Já faz um bom tempo que estamos assistindo a indústria de luxo se reestruturando para trabalhar em prol da saúde do planeta. Marcas estão evoluindo e mais de 75% dos 50 principais players globais de luxo estão usando materiais ecologicamente corretos, enquanto 75% buscam reduzir embalagens, usar mais energia renovável e reduzir as emissões de carbono.

Com esse movimento sustentável do mercado da moda, a marca Nanushka nasceu pronta para esse “novo mundo do luxo” e não foi preciso se adaptar como as marcas já existentes. A partir do momento que uma marca já “nasce” consciente, isso mostra que daqui para frente o conceito de branding e produto será diferente.

Sandra Sandor e Peter Baldaszti são parceiros de negócios e vida. São eles os nomes por trás da Nanushka. Ela fundou etiqueta em 2005, depois de frequentar o London College of Fashion e, ao longo dos anos, a marca se tornou conhecida por sua abordagem preocupada com sustentabilidade ao mesmo tempo em que estava comprometida com suas raízes no luxo.

Em entrevista ao podcast “Create Tomorrow”, Sandra afirmou que alguns pontos são extremamente importantes na história que a Nanushka vem escrevendo. Conforto é uma forma de se expressar e os consumidores estão cada vez mais buscando por funcionalidade e praticidade sem perder a identidade. Isso foi o gancho para a fundadora contar que a inclusão de gênero também faz parte da marca, uma vez que todas as abordagens de comunicação são universal, além de uma linha de roupas e óculos genderless.

Sobre a sustentabilidade, Baldaszti conta: “Não vejo a sustentabilidade como uma vantagem competitiva para a Nanushka, nem mesmo a curto prazo. Vai ser uma mercadoria. Vai ser a linha de base. Ou você o faz ou estará fora do mercado muito em breve, seja porque destruímos nosso planeta ou porque seus clientes simplesmente não comprarão seus produtos”.

Ser sustentável e inclusivo já um realidade para as marcas de luxo. São novos tempos para o mundo da moda.

Você também pode gostar