06.04.2014  /  8:00

Dermatologista desvenda mitos e verdades sobre chocolate e pele

 

É é possível sim comer chocolate e manter uma pele limpinha e sem espinhas

Chocolate é bom em qualquer época do ano, mas é na Páscoa que ninguém resiste a ele. Mas calma que é possível, sim, comer chocolate e manter uma pele limpa e sem espinhas. A dermatologista Roberta Bibas dá algumas dicas para manter uma pele saudável e explica alguns velhos mitos que envolvem o doce mais irresistível de todos – para a maioria das pessoas, pelo menos.

– Afinal, chocolate dá espinha? 

A princípio é mito. Nunca nenhum estudo conseguiu provar isso, porém existem pessoas que juram que quando comem chocolate, amendoim e outras gorduras, surgem mais espinhas.

 – E o chocolate diet? Faz alguma diferença para a pele?

Não faz nenhuma, o chocolate diet só não tem açúcar, mas tem mais gordura do que o chocolate normal.

– Existem diversos cosméticos à base de chocolate. Quais são as propriedades benéficas para a pele?

Até hoje nenhum estudo comprovou a eficácia desses produtos, mas a princípio eles seriam hidratantes, porque contêm manteiga de cacau.

– Qual é o tratamento mais eficaz para acne?

Depende do grau da acne. Na acne leve, minha sugestão é peróxido de benzoila e adapalena. Numa pele com acne moderada, o ideal é utilizar isotretinoina tópica e peróxido de benzoila. Masm para uma pele com um grau de acne grave, recomendo isotretinoina oral.

– Como manter uma pele oleosa sempre saudável, limpa e livre de espinhas?

Usar sempre produtos em gel, oil free ou loção livre de óleo com efeito matte.