30.08.2017  /  10:58

Milionário amigo de celebs morre dias antes da “despedida da vida” que preparava

David Tang com Naomi Campbell || Créditos: Getty Images

Depois de receber a notícia de que tinha pouco mais de dois meses para viver por causa de uma doença não revelada, o milionário David Tang, natural de Hong Kong, decidiu organizar uma festa de “despedida da vida” que teria como palco o luxuoso hotel The Dorchester, em Londres, marcada para o início de setembro. O fundador da fast-fashion Shanghai Tang, no entanto, não sobreviveu para marcar presença no soirée – ele morreu na noite dessa terça-feira, aos 63 anos, em um hospital da capital inglesa onde estava internado há dias.

Amigo de celebridades e de membros da realeza britânica, Tang passou a se dedicar à vida social a partir de 1998, depois que vendeu a Shanghai Tang para o grupo suíço Richemont. O empresário era bastante próximo de Naomi Campbell, com quem foi a um gala da amfAR em março, em Hong Kong. Transformado em “Sir” pela rainha Elizabeth II em 2008, por conta de suas contribuições filantrópicas para entidades do Reino Unido, ele também era apaixonado por filosofia e chegou a dar aulas sobre a matéria na tradicional Peking University de Pequim.

Mesmo internado, Tang não abria mão de suas manias, e mantinha por perto chefs de confiança preparando suas principais refeições, como os ovos à escocesa com picles indianos de limão que comia todos os dias no café da manhã. “O mundo ficou um pouquinho mais chato”, disse Ewan Venters, presidente da loja de departamentos inglesa Fortnum & Mason, um dos points favoritos de Tang em Londres, sobre a morte do empresário, de quem era amigo. (Por Anderson Antunes)