03.09.2019  /  10:48

Miguel Herrán, o Rio de “La Casa de Papel”, revela que sofria transtorno de imagem na adolescência

Miguel Herrán || Créditos: Reprodução

Um dos protagonistas de “La Casa de Papel” e com mais de 4,5 milhões de seguidores só no Instagram, o espanhol Miguel Herrán é o garoto da capa da mais nova edição da “Men’s Health” espanhola. O Rio da cultuada série da Netflix revelou em entrevista para a publicação que na adolescência sofreu de vigorexia, transtorno dismórfico muscular que consiste em uma insatisfação constante com o próprio corpo. A boa notícia é que o ator de 23 anos buscou tratamento na época, e hoje em dia se considera curado. “Nunca me senti tão satisfeito com minha aparência física como agora”, ele disse no bate papo. Com apenas 1,66 m de altura, Herrán também contou que era chamado de “Conan, o Bárbaro” pelos colegas de escola em razão do look “fortinho” que ostentava e que atualmente exibe sem o menor pudor no Insta.

View this post on Instagram

Instantes antes de que Tokio venga a darse un baño..

A post shared by Miguel Herrán (@miguel.g.herran) on

Rato de academia, daqueles que treinam cinco vezes por semana, o jovem astro da telinha se tornou recentemente mais um seguidor da calistenia, a nova moda entre as celebridades fitness, que nada mais é do que a prática de exercícios utilizando apenas o peso do próprio corpo. Vale lembrar que além do papel que tem em “La Casa de Papel”, Herrán também integra o elenco de “Élite”, uma espécie de novelão teen que a gigante do streaming lançou no fim do ano passado e que já teve uma segunda temporada confirmada para este mês. (Por Anderson Antunes)

O ator na capa da edição espanhola da “Men’s Health” || Créditos: Divulgação