17.10.2017  /  13:56

Microsoft aposta em casas na árvore para aumentar produtividade dos funcionários

O interior de uma das casas na árvore da Microsfot || Créditos: Divulgação

Terceira empresa mais valiosa do planeta depois da Alphabet Inc. (Google) e da Apple, a Microsfot encontrou um jeito inusitado de manter seus funcionários trabalhando até mesmo na hora do almoço: a fabricante de softwares cofundada por Bill Gates mandou construir três casas nas maiores árvores do terreno onde fica sua sede, em Redmond, no estado americano de Washington.

As casas foram construídas por Pete Nelson, um expert no assunto || Créditos: Divulgação

A ideia nasceu a partir de uma sugestão feita pelos funcionários que trabalham lá, que afirmaram ser mais produtivos quando trabalham ao ar livre. O resultado foi a instalação de um complexo com mais de três metros de altura construído por Pete Nelson, um expert em casas na árvore, e espaços que podem ser ocupados tanto para lazer quanto para trabalho, desde que reservados com antecedência.

O complexo inclui três casas com mais de três metros de altura || Créditos: Divulgação

Justiça seja feita, mudar drasticamente o ambiente de trabalho não é exclusividade da Microsfot, já que a própria Alphabet mantém salas de massagens e “cantinhos do cochilo” em suas sedes, sem falar que o Apple Park, o futuro quartel-general da Apple em Cupertino, na Califórnia, está sendo construído ao custo de bilhões de dólares nos moldes de uma nave espacial. Mas uma casa na árvore, hein? (Por Anderson Antunes)