15.03.2016  /  15:14

Michael Jackson bate mais um recorde e deve faturar R$ 3 bi neste ano

SANTA MARIA, CA - MARCH 7:  Michael Jackson walks into the Santa Maria Superior Court on the fifth day of his child molestation trial March 7, 2005 in Santa Maria, California. Jackson is charged in a 10-count indictment with molesting a boy, plying him with liquor and conspiring to commit child abduction, false imprisonment and extortion. He has pleaded innocent.   (Photo by Carlo Allegri/Getty Images) *** Local Caption *** Michael Jackson
Michael Jackson bate mais um recorde|| Créditos: Getty Images

A compra dos 50% que os herdeiros de Michael Jackson detinham na Sony/ATV, dona do maior catálogo musical do mundo, por US$ 750 milhões (R$ 2,8 bilhões), deverá garantir ao eterno rei do pop um recorde inusitado. Segundo a “Forbes”, o negócio faz de Michael, morto em 2012, a celebridade que mais rendeu dinheiro em um ano em toda a história, título que pertencia até então ao rapper Dr. Dre desde 2014, quando ele embolsou US$ 620 milhões (R$ 2,3 bilhões) pela participação que possuía no Beats, comprado naquele ano pela Apple.

De maneira geral, considerando os outros rendimentos a serem recebidos pelos herdeiros do cantor, os ganhos relativos à obra dele deverão ultrapassar tranquilamente a barreira de US$ 800 milhões (R$ 3 bilhões) neste ano. É mais do que a soma dos faturamentos dos atuais oito mais bem pagos músicos em atividade: Katy Perry, One Direction, Garth Brooks, Taylor Swift, The Eagles, Justin Timberlake, Diddy e Fleetwood Mac. Que tal? (Por Anderson Antunes)