29.06.2019  /  9:00

Miá Mello entrega dilemas da maternidade na nova peça “Mãe Fora da Caixa”: “As vezes a gente quer morrer”

Miá Melo, Cláudia Gomes e Thais Vilarinho || Créditos: Andre Wanderley e Divulgação

As mamães de plantão com certeza vão se identificar com as situações narradas na nova peça estrelada por Miá Mello, “Mãe Fora da Caixa”, que estreia no dia 12 de julho, no Teatro Fashion Mall, no Rio. A peça apresenta de forma leve e divertida os dilemas vividos pelas mães diariamente e todo o processo surgiu de uma parceria: O monólogo foi idealizado pelo ator Pablo Sanábio, produzido por Carlos Grun com a direção de Joana Lebreiro e texto original de Cláudia Gomes.

Leva pra escola, busca no cursinho, lê histórias, dá conta do serviço e da casa… ufa! O universo da maternidade chega aos palcos e promete tirar boas risadas da platéia com a obra adaptada do livro de Thais Vilarinho. Miá, que é mãe de Nina e Antonio na vida real, conversou com o Glamurama e entregou como andam os preparativos para a estreia, além contar sobre a experiência de compartilhar com o público situações que ela vive em casa com seus filhos “Sinto que um universo gigantesco se abriu para me conectar com o público e abordar questões que se encaixam para todas as mães”.

Glamurama: Como é levar algo da vida real para os palcos?
Miá: Para mim é tipo uma salvação! Junto com meu marido, vivo intensamente a maternidade dos meus dois filhos, mas até então nunca abordei o assunto em público tão abertamente. Eu estava me sentindo sufocada, tinha muita coisa para falar e para compartilhar, e agora sinto que um universo gigantesco se abriu para me conectar com o público e abordar questões que se encaixam entre todas as mães, até porque cada pessoa tem uma história de vida, mas tem algum lugar na maternidade em que a gente se encontra e tem aquele sentimento de “Ufa! Não sou só eu que faço isso”.

Glamurama: A peça mostra alguma situação que já viveu com seus filhos? Qual?
Miá: Seria impossível não falar da minha vida. Tudo surgiu naturalmente, quando começamos a conversar sobre a peça, todos nós viemos cheios de questões que trazemos de casa e isso influenciou no processo de criação acrescentado pitadas da vida real.  Na montagem, começamos a entender quando é personagem e quando é Miá que está falando.

Glamurama: Você aprendeu algo na preparação da peça?
Miá: Todo esse processo acaba influenciando na rotina com meus filhos. Esses dias, por exemplo, cheguei do ensaio e estava louca para descansar… aí vem a Nina, minha filha mais velha, pedir para que eu estudasse História com ela. Adeus sono! Mas no final foi maravilhoso, consegui desligar das minhas demandas e ajudei ela de coração. Não é fácil, as vezes a gente quer morrer (risos), mas estou praticando ainda mais o processo de estar presente e sinto um reflexo na minha casa. Mesmo cansada, vejo conquistas muito legais. Isso é ser mãe… fazer tudo, ensaiar, ter compromissos… a gente não pára! Tudo isso compensa ao olhar para a carinha deles todas as manhãs. Meu filhos são muito amorosos e especiais.

Glamurama: O que mais te ajudou a construir a personagem?
Miá: Brinco que faço laboratório diário em casa, até porque lido com as coisas que falo na peça. Minha última gravidez é muito recente, ainda tenho isso muito latente no corpo, então vivi muitas coisas nos últimos tempos. Eu sou muito curiosa, sempre quero aprender mais sobre a maternidade. Durante a gestação do Antonio, que hoje está com dois anos, fiz até curso de gestante! Eu era a única mãe de segunda viagem lá e estava super empolgada, com papel e caneta na mão, anotando tudo!

Glamurama: Como você descreveria maternidade com bom humor?
Miá: É fazer crochê pulando no trampolim e no final ficar tudo lindo! (Risos) Na verdade, a maternidade é um tudo, tem várias vertentes e nela você dá o seu melhor, aprende a se perdoar e se entender.

Glamurama: Um de seus grandes sucessos foi “Meu Passado Me Condena”, em que você contracena com Fábio Porchat, e nessa narrativa os dilemas são diferentes e giram em torno de uma dupla recém-casada. Faça uma comparação entre esses dois momentos da vida?
Miá: Eles são absolutamente opostos. Não teria nem como conciliar os dois dilemas, imagina o caos? Sei que na vida real, quando se tem filhos, é importante estar com o casamento fortalecido, até porque filho toma bastante tempo.

Glamurama: E fora do teatro, algum projeto em vista? Volta para a TV?
Miá: Vou participar da segunda temporada da série ‘Vida Secreta de Casais’, na HBO e gravo ainda este ano a 2ª temporada da série ‘Homens’. (por Luzara Pinho)

 

Ver essa foto no Instagram

 

#tbt NYC ♡

Uma publicação compartilhada por Miá (@miamello) em

 

Ver essa foto no Instagram

 

Eu e meu Serviozinho 💚💛🇧🇷 #Vai,Brasil #AgoraVaiVestirVermelhoAteOFinalDaCopa 🤣

Uma publicação compartilhada por Miá (@miamello) em