23.12.2019  /  9:20

Mesmo sem ter passaporte, Elizabeth II é a chefe de estado mais viajada de toda a história

Elizabeth II || Créditos: Reprodução

Apesar de não ter passaporte, a rainha Elizabeth II estará na próxima edição do “Guinness Book” – o “Livro dos Recordes” – como a chefe de estado mais viajada de toda a história. Desde sua ascensão ao trono, em 1952, Sua Majestade visitou nada menos que 110 países em seis continentes, na maioria das vezes como soberana do Reino Unido mas em pelo menos duas ocasiões também como rainha do Canadá (em outubro de 1957 e em junho de 1959, e em ambas o destino foi os Estados Unidos).

A primeira viagem internacional de Elizabeth II como monarca foi em novembro de 1953, para o Panamá, e a última foi em junho de 2015, quando ela esteve na Alemanha. Daí pra frente, a mãe do príncipe Charles meio que “se aposentou” das trips internacionais e delegou o fardo de se entender com o mundo ao herdeiro número um – que, por sinal, desembarca em Israel daqui algumas semanas naquela que poderá se tornar sua mais importante tarefa como futuro rei.

E a chefe da Casa Real dos Windsors deu todas essas voltas no globo sem jamais ter em mãos o documento que é obrigatório para qualquer outra pessoa, já que no caso dela todos os passaportes dos 16 países que a tem como autoridade máxima são emitidos em seu próprio nome, portanto basta ela dar as caras a quem for preciso pra ter seu embarque imediato autorizado na hora. (Por Anderson Antunes)